Passos: "Desemprego em Portugal teve a segunda maior queda da União Europeia num ano"

Apesar do desemprego em Portugal continua a registar uma taxa elevada, a continuação da descida da taxa é uma boa notícia, considera o primeiro-ministro.

"O desemprego tem vindo a descer, como ainda hoje o Eurostat confirmou para o mês de maio", disse Pedro Passos Coelho esta terça-feira durante o fórum negócios Moçambique-Portugal que decorreu em Lisboa.

O primeiro-ministro destacou que, apesar da queda para os 14,3%, o desemprego continua a um nível "inaceitavelmente elevado". No entanto, sublinhou, a descida de 2,6% no espaço de um ano representou "a segunda maior descida de toda a União Europeia".

"Temos o projeto de construir em Portugal uma das economias mais abertas da Europa e estamos a fazer um caminho exigente de eliminação dos desequilíbrios", afirmou, apontando para os excedentes externos "desde há muito"; o défice orçamental que é "menos de metade" do que em 2011. "Estabilizámos as contas do país depois de um período muito difícil", sintetizou.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de