Passos: “Portugal está disponível para dinamizar cooperação na CPLP

Pedro Passos Coelho
Pedro Passos Coelho

Num mundo em "acelerada mudança", e no ano em que a CPLP faz celebra 18 anos, os países de língua portuguesa têm grandes oportunidades para explorar, defende Pedro Passos Coelho.

O primeiro-ministro falava esta segunda-feira na abertura do 1º Encontro de Bancos, Seguradoras e Instituições Financeiras dos Países da CE-CPLP, organizado pela Confederação Empresarial da CPLP, em Lisboa.

Na ocasião, Passos salientou que “a economia assume um papel cada vez mais central na atuação da nossa organização e que a lusofonia económica constitui uma das maiores oportunidades da CPLP na nova economia global”. Neste contexto, garantiu que “Portugal está disponível para dinamizar a concretização de ações de cooperação técnica no âmbito da CPLP, em domínios como a energia, a geologia, o turismo, os transportes, as obras públicas ou as comunicações”.

“Este é o momento para a cooperação empresarial se afirmar na CPLP e, dessa forma, promover a concretização do potencial da lusofonia económica. Os nossos esforços devem concertar-se no sentido de articularmos uma maior cooperação na área financeira entre as instituições da comunidade”, disse o primeiro-ministro.

Passos Coelho concluiu desafiando os empresários presentes fazerem “negócios na língua portuguesa”. “A CPLP encerra uma vasto potencial de oportunidades e um alcance global ao qual devemos dar afirmação prática. Podemos e devemos reforçar a relevância da lusofonia e posicionar a língua portuguesa na geopolítica mundial”, concluiu.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Poupança das famílias subiu no 2º trimestre

Deco pede medidas urgentes para travar crédito ao consumo

Elisa Ferreira, António Costa. Fotografia: Álvaro Isidoro/Global Imagens

Elisa Ferreira. Minas de lítio têm de “compensar impacto ambiental”

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira (E), e a ministra do Trabalho, Ana Mendes Godinho (D). Fotografia: ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo deixa cair referencial geral para aumento de salários

Passos: “Portugal está disponível para dinamizar cooperação na CPLP