precários do estado

PCP quer saber o que se passa com os precários de seis laboratórios do Estado

( Paulo Spranger / Global Imagens) .
( Paulo Spranger / Global Imagens) .

De uma assentada o PCP entregou hoje 12 requerimentos a vários ministérios que tutelam os laboratórios do Estado por causa da integração de precários.

Em causa estão seis laboratórios do Estado: Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA), o Laboratório Nacional de Engenharia Civil (LNEC), Instituto Nacional de Saúde, o Laboratório Nacional de Energia e Geologia (LNEG), o Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária (INIAV) e o Instituto Hidrográfico (IH).

O PCP quer saber quantos são em cada um deles e como está o processo de integração ao abrigo do Programa de Regularização Extraordinária de Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP).

No caso do LNEC, por exemplo, a bancada comunista lembra que “na sequência do PREVPAP, foram submetidos mais de 130 requerimentos de bolseiros que desempenham ou desempenharam funções”, naquele laboratório nacional.

Já em relação ao IPMA, o PCP indica que os investigadores com vínculo precário serão mais de metade do total, citando dados do Grupo de Trabalho dos Investigadores Precários do Conselho Científico.

Os 12 requerimentos entregues hoje na Assembleia da República são dirigidos a vários ministérios, tendo em conta que alguns laboratórios têm tutela partilhada. Os destinatários são os Ministérios do Mar, da Ciência e Ensino Superior, do Planeamento, da Saúde, da Agricultura e da Defesa.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EDP_ENGIE2

EDP e Engie investem até 50 mil milhões para serem líderes em eólicas no mar

EDP_ENGIE2

EDP e Engie investem até 50 mil milhões para serem líderes em eólicas no mar

Da esquerda para a direita: Ricardo Mourinho Félix, secretário de Estado das Finanças, Angel Gurría, secretário-geral da OCDE, e Pedro Siza Vieira, ministro da Economia. Fotografia: Diana Quintela/Global Imagens

OCDE. Dinamismo das exportações nacionais tem o pior registo da década

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
PCP quer saber o que se passa com os precários de seis laboratórios do Estado