Brexit

Petição para um segundo referendo é tão popular que o site crasha

Foto: REUTERS/Hannibal Hanschke
Foto: REUTERS/Hannibal Hanschke

Mas mesmo que se chegue aos 100 mil peticionários, ou mais, dificilmente o Parlamento britânico decidiria a favor da reivindicação.

Não foi preciso passar muito tempo. Ainda os britânicos digeriam os resultados do referendo no Reino Unido – que ditou a saída da União Europeia – e já os insatisfeitos criavam uma petição online para ser enviada ao Parlamento exigindo um segundo referendo.

O sucesso foi tal que o site crashou devido ao excesso de tráfego. A última vez que foi possível aceder à página da petição online – que continua indisponível – a contagem ia em 55 mil assinaturas.

Leia também: O dia em que o Reino Unido decidiu sair

Para ser discutida no Parlamento, a petição precisa de conseguir recolher 100 mil assinaturas, o que não será difícil ao ritmo que os britânicos estão a tentar aceder ao site. O contador não para de aumentar.

O texto da petição é curto e simples: “Nós abaixo-assinados pedimos ao governo que implemente uma regra que dite que se o voto na saída ou na permanência for inferior a 60%, e a adesão for inferior a 75%, deve haver um segundo referendo.”

Mas mesmo que se chegue aos 100 mil peticionários, ou mais, dificilmente o Parlamento decidiria a favor da reivindicação. Até porque a abstenção foi de 28%, ou seja, 72% dos eleitores britânicos votaram no referendo, 52% deles a favor do Brexit.

Leia também: Portugueses não se sentem bem-vindos após referendo

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Franceses da Altice concluíram aquisição da PT Portugal à Oi em junho por 5,7 mil milhões de euros

Porto. Trabalhadores da PT avançam com concentração esta quinta-feira

Estado leva endividamento da economia para novo máximo

Portugueses têm menos dinheiro

Proibidos pagamentos em dinheiro acima de 3.000 euros

Outros conteúdos GMG
Conteúdo Patrocinado
Petição para um segundo referendo é tão popular que o site crasha