Poiares Maduro: RTP deverá ter um canal no Porto

ng3091319

O ministro Adjunto e do Desenvolvimento Regional reiterou esta quinta-feira que a RTP deve ter um “centro de massa crítica” no Porto, que “deve corresponder a um canal”. Miguel Poiares Maduro falava na Assembleia da República, no âmbito da discussão na especialidade do Orçamento do Estado para 2014 (OE2014).

“É claro para mim e essa é a orientação estratégica” dada à administração da RTP de que “o Porto tem de ter um centro de massa crítica”, o qual “deve corresponder a um canal”.

Ou seja, “implica que não seja simplesmente um centro de produção”.Poiares Maduro adiantou que sugeriu que fosse ponderado que a RTP Internacional fosse instalada no Porto, mas sublinhou que isso será discutido no âmbito do grupo de trabalho para refletir o serviço internacional.

Leia também: Poiares Maduro: Banco de fomento avança nos próximos dias

Sobre a Televisão Digital Terrestre (TDT), o ministro reiterou que tem “de haver um alargamento de canais”, mas que “a escolha não compete ao Governo, é competência de outras entidades, nomeadamente da ERC (Entidade Reguladora para a Comunicação Social], e depende de questões jurídicas complexas”.

Sobre o financiamento da RTP passar a ser através da Contribuição Audiovisual, deixando de receber indemnização compensatória a partir de 2014, Miguel Poiares Maduro apontou duas vantagens: “totalmente transparente e visível” para os cidadãos e “independência face ao poder político”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
João Leão e Mário Centeno. Foto: Tiago Petinga/Lusa

Governo impõe aumento de 0,3% na função pública. Impacto pode ser de 70 milhões.

João Leão e Mário Centeno. Foto: Tiago Petinga/Lusa

Governo impõe aumento de 0,3% na função pública. Impacto pode ser de 70 milhões.

Christine Lagarde, presidente do BCE. Fotografia: REUTERS/Johanna Geron

Lagarde corta crescimento da zona euro para apenas 1,1% em 2020

Outros conteúdos GMG
Poiares Maduro: RTP deverá ter um canal no Porto