Autoestradas

Portagens mais caras em 2019. Viagem entre Lisboa e Porto aumenta 15 cêntimos

A Brisa comunicou esta segunda-feira a atualização do preço das portagens para o novo ano.

Ir de Lisboa ao Porto pela Autoestrada do Norte (A1) vai custar mais 15 cêntimos em 2019. Segundo a atualização dos preços das portagens para o próximo ano, revelada hoje pela Brisa, o aumento fica aquém do registado no início de 2018, que foi de 45 cêntimos.

O percurso entre Lisboa e Algarve também vai ficar mais caro. As portagens na A2 vão aumentar 25 cêntimos, à semelhança do que tinha acontecido no arranque deste ano. Já na A6, a autoestrada do Alentejo que faz o percurso Marateca- Caia, a subida fica aquém da registada em 2018. A portagem aumenta 10 cêntimos, enquanto no início deste ano a subida foi de 25 cêntimos.

portagens1

“Na classe 1, apenas 18 das 93 taxas de portagem (19% do total) foram atualizadas e na maioria dos principais percursos, o impacto dessas atualizações é mínimo”, destaca a Brisa em comunicado.

Entre os trajetos suburbanos com mais tráfego, nem todos terão aumentos. Os preços de percursos como Lisboa-Cascais (A5) ou o sublanço da A3 que liga a Maia a Santo Tirso mantém-se intactos. Na CREL o aumento será de 10 cêntimos, tal como na A4, que liga o Porto a Amarante.

portagens 2

Em média, para todas as classes de veículos e percursos, as portagens concessionadas pela Brisa vão sofrer um aumento de 0,94%, uma vez que são indexadas à inflação de outubro.

A Brisa revela ainda que no próximo ano vai investir 59 milhões de euros nas autoestradas portuguesas.

“Entre os trabalhos a realizar (…) destacam-se, o alargamento da A4–Auto-estrada Porto/Amarante, entre Águas Santas (A3/A4) e Ermesinde, e as beneficiações de pavimento nos sublanços Leiria/Pombal (A1), Almada/Fogueteiro (A2), Circular Sul de Braga, A2/A6/A13/Vendas Novas e Elvas Central/Elvas Nascente/Caia (A6)”, conclui a concessionária.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dívida pública está nos 130,3%

Endividamento da economia atinge novo recorde em abril

REUTERS/Pedro Nunes/File Photo

Programa de arrendamento acessível arranca a 1 de julho. Tudo o que deve saber

Zeinal Bava, ex-PT e Oi

Zeinal Bava faz promessa: “Chegou o momento de esclarecer tudo”

Outros conteúdos GMG
Portagens mais caras em 2019. Viagem entre Lisboa e Porto aumenta 15 cêntimos