Portas pode deixar liderança do PP. Melo assume lugar na coligação, diz o JN

ng3101367

Cresce cada vez mais a possibilidade de Paulo Portas deixar a liderança do CDS-PP, abrindo assim o caminho ao vice-presidente Nuno Melo.

O CDS-PP está disposto assim a manter a coligação governamental com o PSD até ao final do programa de ajustamento, em abril de 2014, avança o Jornal de Noticias, que cita fonte centrista.

Os centristas vão reunir-se agora com o primeiro-ministro e estão dispostos a continuar como parceiro de coligação do PSD.

Segundo o JN, o congresso do CDS, agendado para o fim-de-semana, passa para dezembro, com Nuno Melo então a assumir o lugar de Paulo Portas.

A maioria dos líderes centristas presentes na reunião de hoje, 14 em 19, estão a favor de manter a coligação e continuar no Governo, com ou sem Paulo Portas, no CDS-PP e no executivo. Cinco dos dirigentes defendem um acordo de incidência parlamentar até ao final do programa de ajustamento, em meados de 2014.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
psp

Governo prevê poupar 3 milhões com fardas de militares e polícias

António Costa, primeiro-ministro, e Mário Centeno, ministro das Finanças. Fotografia: Maria João Gala / Global Imagens

Gastos com gabinetes sobem quase 2%

Pequim gostaria de trabalhar com Washington

Portugal e China discutem comércio e investimento em Pequim

Outros conteúdos GMG
Portas pode deixar liderança do PP. Melo assume lugar na coligação, diz o JN