Portas pode deixar liderança do PP. Melo assume lugar na coligação, diz o JN

ng3101367

Cresce cada vez mais a possibilidade de Paulo Portas deixar a liderança do CDS-PP, abrindo assim o caminho ao vice-presidente Nuno Melo.

O CDS-PP está disposto assim a manter a coligação governamental com o PSD até ao final do programa de ajustamento, em abril de 2014, avança o Jornal de Noticias, que cita fonte centrista.

Os centristas vão reunir-se agora com o primeiro-ministro e estão dispostos a continuar como parceiro de coligação do PSD.

Segundo o JN, o congresso do CDS, agendado para o fim-de-semana, passa para dezembro, com Nuno Melo então a assumir o lugar de Paulo Portas.

A maioria dos líderes centristas presentes na reunião de hoje, 14 em 19, estão a favor de manter a coligação e continuar no Governo, com ou sem Paulo Portas, no CDS-PP e no executivo. Cinco dos dirigentes defendem um acordo de incidência parlamentar até ao final do programa de ajustamento, em meados de 2014.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (C), acompanhado pelo presidente da Câmara Municipal de Lisboa, Fernando Medina (D), pelo ministro do Ambiente e da Transição Energética, João Pedro Campos Fernandes (E), após o ato público de assinatura dos contratos para a redução tarifária nos transportes públicos na área metropolitana de Lisboa, na Gare do Oriente, em Lisboa, 18 de março de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

Cinco regiões só terão passes mais baratos em maio

fake-1909821_1920

Fake news. Portugal no top 10 da UE com mais contas bloqueadas pela Google

REUTERS/Rafael Marchante

CTT propõe aumentos até 0,4%. CEO recupera 25% do salário

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Portas pode deixar liderança do PP. Melo assume lugar na coligação, diz o JN