dívida pública

Portugal coloca 1750 milhões em dívida. Juros atingem mínimos do ano

Cristina Casalinho, presidente do IGCP
Cristina Casalinho, presidente do IGCP

IGCP realizou duas emissões de bilhetes do tesouro, a seis e 12 meses.

O tesouro português emitiu esta quarta-feira 500 milhões de euros em bilhetes do tesouro (BT) a seis meses e 1 250 milhões em BT a 12 meses. No total, agência que gere a dívida pública (IGCP) colocou no mercado 1 750 milhões de euros em dívida de curto prazo.

Na emissão a seis meses, a procura superou a oferta em 2,36 vezes, e a taxa foi de menos 0,532%. A 12 meses, a procura superou em 1,86 vezes a oferta, e a taxa foi de menos 0,507%. Nos últimos leilões comparáveis, as taxas tinham sido de menos 0,4467% e menos 0,452%, respetivamente.

“Volta a ser um leilão com sucesso, com as taxas nestes leilões de curto prazo a atingiram os valores mais baixos do ano. Os discursos dos vários banqueiros centrais têm sido claros, as taxas irão manter-se baixas ou negativas por um período longo de tempo”, explica Filipe Silva, diretor de investimentos do Banco Carregosa.

Para este analista, “as taxas obtidas acabam por refletir a conjuntura global que vivemos, que vai no sentido de beneficiar os emitentes de dívida em detrimento dos investidores, no entanto, sempre com o sentido de que a prazo a economia irá recuperar”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Arquivo/ Global Imagens

Transações de casas caíram 35,25% em abril. Preços começam a abrandar

Ramiro Sequeira TAP

Novo CEO da TAP diz ser vital ter “bom senso e calma” para tomar decisões

(JOSÉ COELHO/LUSA)

Cadeias de retalho contra desfasamento de horários. Aguardam publicação da lei

Portugal coloca 1750 milhões em dívida. Juros atingem mínimos do ano