Economia

Portugal regista segunda maior quebra da UE dos preços na produção industrial

produção industrial, indústria

Portugal registou em dezembro a segunda maior quebra dos preços na produção industrial em termos homólogos, revela o Eurostat.

Portugal registou em dezembro a segunda maior quebra dos preços na produção industrial em termos homólogos (-2,6%) e também em cadeia (-1,0%) entre os Estados-membros da União Europeia, divulgou esta terça-feira o Eurostat.

De acordo com os dados publicados pelo gabinete estatístico europeu, em dezembro do ano passado, face ao mesmo mês de 2018, os preços na produção industrial recuaram 0,7% na Zona Euro e 0,4% na UE, com Portugal a apresentar a segunda maior quebra em conjunto com a Estónia (ambos com -2,6%), apenas atrás de Itália (-3,1%).

As principais subidas homólogas foram assinaladas na Grécia (4,7%), Bulgária (4,5%) e Roménia (4,4%).

Na comparação em cadeia, face a novembro de 2019, em dezembro os preços na produção industrial mantiveram-se estáveis tanto na zona euro como no conjunto da União – depois das ligeiras subidas registadas em novembro face a outubro, de 0,2% e 0,1%, respetivamente -, com Holanda e Roménia a registarem as maiores subidas (ambas 0,5%), seguidas da Grécia (0,4%), enquanto as maiores quebras foram verificadas na Estónia (-1,3%), em Portugal (-1,0%) e na Finlândia (-0,7%).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
lisboa casas turismo salarios portugal

Turismo em crise já pensa no day after

O ministro da Economia, Pedro Siza Vieira. TIAGO PETINGA/LUSA

Governo estima que mais de um terço dos empregados fique em lay-off

Mário Centeno, Ministro das Finanças.
Fotografia: Francois Lenoir/Reuters

Folga rara. Custo médio do petróleo está 10% abaixo do previsto no Orçamento

Portugal regista segunda maior quebra da UE dos preços na produção industrial