Portugal com excedente de 0,8%

Portugal registou no terceiro trimestre de 2019, em conjunto com Luxemburgo e Malta, o sexto maior excedente orçamental da UE.

O défice manteve-se inalterado no terceiro trimestre tanto na zona euro, nos 0,7%, como na UE, nos 0,9%, enquanto Portugal registou um excedente orçamental de 0,8%, revela o Eurostat.

De acordo com os dados hoje divulgados pelo gabinete oficial de estatísticas da União Europeia, o défice público português teve uma evolução positiva de 1,2 pontos percentuais do Produto Interno Bruto (PIB) face ao segundo trimestre de 2019, passando de um défice de 0,4% no período entre abril e junho para um excedente orçamental de 0,8% entre julho e setembro (ainda assim abaixo daquele registado no período homólogo, no terceiro trimestre de 2018, de 2,0%).

No espaço da moeda única, o défice manteve-se nos 0,7% do PIB, o mesmo valor registado no segundo trimestre, e ligeiramente acima dos 0,6% verificados no período homólogo.

Já no conjunto da União Europeia, o défice também seguiu inalterado no terceiro trimestre de 2019 face ao segundo trimestre, nos 0,9% do PIB, um pouco acima do valor homólogo, no mesmo trimestre de 2018 (0,7%).

Portugal registou no terceiro trimestre de 2019, em conjunto com Luxemburgo e Malta, o sexto maior excedente orçamental da UE – numa lista encabeçada por Bulgária (2,4%) e Dinamarca (2,3%) -, mas protagonizou, de forma destacada, a evolução mais positiva entre o segundo e o terceiro trimestres (mais 1,2 pontos), enquanto em média a variação foi nula tanto na zona euro como na UE (0,0%).

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de