Energia

Portugal contribuiu para aumento da capacidade de energia hídrica global em 2017

Fotografia: Direitos Reservados
Fotografia: Direitos Reservados

A China continua a ser o país com a maior capacidade hídrica instalada, de quase 350 GW, anunciou a OPEP no relatório anual World Oil Outlook.

Portugal foi um dos países que contribuiu para o aumento da capacidade de energia hídrica a nível mundial, que superou os 1250 gigawatts (GW) em 2017.

A China continua a ser o país com a maior capacidade hídrica instalada, de quase 350 GW, seguido dos Estados Unidos, Brasil e Canadá, anunciou a Organização dos Países Exportadores de Petróleo (OPEP) no seu relatório anual World Oil Outlook para 2018, divulgado este domingo.

“Em 2017, a capacidade hídrica a nível global aumentou em quase 22 GW, para acima de 1250 GW. O aumento foi sobretudo devido a desenvolvimentos em grandes países desenvolvidos como a China e a Índia mas também a países desenvolvidos mais pequenos como Portugal”, refere o relatório.

A OPEP estima que a capacidade de energia hídrica vai aumentar em mais do que o equivalente a três milhões de barris por dia entre 2015 e 2040, para alcançar o equivalente a 10 milhões de barris por dia em 2040.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Lisboa-19/12/2019  - Conferencia de Antonio Mexia ,CEO da EDP. 
(PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Chinesa CTG vende 1,8% da EDP

A ministra de Estado e da Presidência, Mariana Vieira da Silva (C), acompanhada pelo secretário de Estado Adjunto, do Trabalho e da Formação Profissional, Miguel Cabrita(D) e pela secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdadepela (D), Rosa Monteiro, durante a reunião da Comissão Permanente de Concertação Social, em Lisboa, 26 de fevereiro de 2020. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Governo propõe licença parental paga até um ano no trabalho em part-time

O ministro de Estado e das Finanças, Mário Centeno. JOSÉ SENA GOULÃO/LUSA

Novo Banco: Estado como acionista só dilui posição do Fundo de Resolução

Portugal contribuiu para aumento da capacidade de energia hídrica global em 2017