Portugal é o terceiro mais caro da UE na eletricidade e no gás

O Eurostat publicou esta terça-feira os preços da eletricidade e do gás dos países da UE. Já é possível compará-los e Portugal é o terceiro mais caro.

Portugal só fica atrás da Bélgica e da Dinamarca no preço da eletricidade, e metade dos custos refletem taxas cobradas. Também os custos com o gás estão entre os mais altos da União Europeia.

O Eurostat divulgou esta terça-feira os preços da eletricidade e do gás natural nos países da União Europeia em 2017, possibilitando pela primeira vez comparar valores dentro do bloco.

Portugal destaca-se como sendo o terceiro país da Europa com os preços mais elevados para a eletricidade e para o gás natural.

Em Portugal, os custos com a eletricidade atingem uma média de cerca de 24 cêntimos, com o peso da componente de taxas a representar 50% dos custos - ou 12 cêntimos. Só a Dinamarca supera o valor cobrado em taxas, com 17 cêntimos de custos de um total de perto de 27 cêntimos.

Já o preço do gás natural atinge os 9 cêntimos, abaixo apenas da Suécia e Irlanda.

No ranking divulgado esta terça-feira, é possível verificar que os valores da eletricidade por kilowatt-hora oscilam por toda a Europa, desde os 10 cêntimos na Bulgária até aos 28 cêntimos na Bélgica.

A lista do Eurostat não apresenta dados para Espanha, Itália, Chipre, Liechtenstein, Albânia e Herzegovina, mas inclui também Islândia, Noruega e países que constituíam a antiga Jugoslávia.

Com estes dados mais representativos é assim possível calcular o custo médio por cada habitação, tendo em conta o próprio consumo. Os preços da eletricidade e do gás na Europa podem variar, condicionados pelas condições de abastecimento, tal como a situação geopolítica, a rede de energia, os custos e as condições climatéricas.

Portugal bateu recordes de consumo no passado fim de semana, 4 e 5 de agosto, motivado pela forte onda de calor que atingiu o país.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de