Economia

Portugal é o terceiro país da UE com mais riqueza em offshores

Pierre Moscovici, Comissário europeu para os Assuntos Económicos.  REUTERS/Francois Lenoir
Pierre Moscovici, Comissário europeu para os Assuntos Económicos. REUTERS/Francois Lenoir

Receita fiscal perdida ultrapassa os 1,3 mil milhões de euros entre 2004 e 2016.

Em percentagem do PIB, Portugal é o terceiro país da União Europeia (UE) que mais riqueza transferiu para paraísos discais entre 2001 e 2016. Um estudo da Comissão Europeia dá conta de que, em média, foram desviados cerca de 50 mil milhões de euros pelas famílias mais ricas neste período, o equivalente a um quarto do PIB nacional, escreve o Jornal de Negócios.

Pela primeira vez, a Comissão Europeia dá a conhecer a estimativa de valores desviados para offshores pelos Estados-membros e a perda de receita fiscal associada. Só Chipre e Malta têm percentagens superiores a Portugal.

Portugal é também o terceiro país que mais receita fiscal perdeu em percentagem da sua economia. O montante perdido ultrapassa os 1,3 mil milhões de euros entre 2004 e 2016 (1% do PIB português).

“Os valores são chocantes, sobretudo se lembrarmos as dificuldades que a população em geral passou com as medidas de austeridade”, referiu Johan Langerock, assessor de políticas fiscais da Oxfam, em declarações ao mesmo jornal.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

Portugal é o terceiro país da UE com mais riqueza em offshores