Infografia

Portugal mantém a 4ª maior taxa de desemprego na UE

Os 12% registados em abril não são suficientes para arrancar Portugal da lista dos piores, sendo apenas ultrapassado por Grécia, Espanha e Croácia

O desemprego na zona euro recuou para 10,2% em abril, o valor mais baixo desde agosto de 2011, e caiu para 8,7% na União Europeia (UE), a menor taxa desde abril de 2009, divulgou o Eurostat esta terça-feira.
desemprego_eurostat_abr16-02

Na zona euro, a taxa de desemprego de 10,2% em abril representa uma diminuição face aos 11,0% do mesmo mês de 2015, mas manteve-se estável na comparação com março. Já no conjunto dos 28 Estados-membros, a taxa de desemprego de 8,7% em abril representa um recuo face aos 8,8% do mês anterior e aos 9,6% do período homólogo.

Em termos homólogos, a taxa de desemprego manteve-se estável na Bélgica, aumentou na Estónia e na Letónia e baixou em 25 Estados-membros, incluindo Portugal, em que recuou de 12,8% para 12%.

 

desemprego_eurostat_abr16-03

A taxa de desemprego estimada para abril rondou os 12%, ou seja, sem alterações face ao valor definitivo de março, segundo revela o INE. A taxa de desemprego em março foi de 12% o que traduz um decréscimo de 0,2 pontos percentuais face ao valor provisório anteriormente avançado. Esta revisão em baixa coloca o desemprego estimado para abril sem alterações face ao mês anterior.

desemprego_eurostat_abr16-04

Desta forma o INE estima que em abril estivessem desempregadas 609,8 mil pessoas, o que revela um decréscimo de 2,5 mil pessoas (ou de 0,4 pontos) face ao valor definitivo apurado para março.

desemprego_eurostat_abr16-05

O desemprego jovem recuou para os 29,9%, face aos 31,7% em abril de 2015.

 

desemprego_eurostat_abr16-06 desemprego_eurostat_abr16-07

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Zalando é uma das maiores empresas de moda online a nível europeu. (Fabrizio Bensch/REUTERS)

Zalando sai de Portugal um ano depois de investir 3 milhões

( Filipe Amorim / Global Imagens )

Atlético de Madrid propõs ao Benfica 126 milhões de euros por João Félix

Fotografia: Pedro Rocha/Global Imagens

Governo questiona RTP sobre não transmissão de Jogos de Minsk

Outros conteúdos GMG
Portugal mantém a 4ª maior taxa de desemprego na UE