Dívida

Portugal paga mais para emitir 1,5 mil milhões a longo prazo

Taxas de juro foram mais elevadas do que as do mercado secundário

O Tesouro português colocou 1,5 mil milhões de euros em obrigações a seis e a 30 anos, numa emissão sindicada que decorreu esta quarta-feira. As taxas de juro exigidas pelos investidores foram mais elevadas face às do mercado secundário.

A Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública – IGCP emitiu mil milhões de euros em obrigações com maturidade em outubro de 2022 e mais 500 milhões em obrigações com maturidade em fevereiro de 2045.

No prazo mais curto, a taxa conseguida foi de 2,52%, o que significa que o Tesouro está a pagar mais 242 pontos base acima da taxa praticada no mercado secundário para o prazo de seis anos. Já no prazo mais longo, a taxa foi de 4,24%, 324 pontos base acima do preço praticado no mercado secundário.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
PORTUGAL REUNIÃO DA CONCERTAÇÃO SOCIAL

Corrida ao subsídio de desemprego explode durante a pandemia

Aviao TAP

TAP reforça rede em outubro: 82 rotas e 666 voos semanais no plano

TAP

Só 1 em cada 20 passageiros no Porto voa na TAP

Portugal paga mais para emitir 1,5 mil milhões a longo prazo