Turismo

Portugal quer atrair 1,5 milhões de turistas brasileiros

Torre de Belém, Lisboa
Torre de Belém, Lisboa

No primeiro trimestre deste ano, a emissão de turistas do Brasil para Portugal avançou 28,6%, sendo o mercado com maior crescimento

Governo português pretende que o número anual de turistas brasileiros aumente para 1,5 milhões de pessoas até 2021, adiantou a secretária de Estado do Turismo.

“Duplicámos de 2015 para 2018, portanto, crescemos de 500 mil para um milhão. O nosso objetivo é que continuemos nesta dinâmica para, nos próximos três anos, ultrapassarmos o número de 1,5 milhões de turistas brasileiros”, afirmou Ana Mendes Godinho, em declarações à agência Lusa, no final de uma viagem de promoção do destino Portugal.

“O Brasil é o quinto maior emissor de turistas para Portugal e tem uma característica interessante porque a vinda dos brasileiros é menos sazonal. Isto significa que os brasileiros viajam em qualquer época do ano”, destacou.

No primeiro trimestre deste ano, a emissão de turistas do Brasil para Portugal avançou 28,6%, sendo o mercado com maior crescimento no período em análise, de acordo com dados da Secretaria de Turismo portuguesa.

Em 2018, o Brasil foi o segundo mercado com maior crescimento na emissão de turistas para Portugal, ao registar uma subida de 13%, atrás dos Estados Unidos, que cresceram 21,8% no mesmo período.

Atualmente, os cinco maiores mercados emissores de turistas para Portugal são Reino Unido, Alemanha, Espanha, França e Brasil.

Dada “a sua grande dimensão enquanto emissor de turistas, as acessibilidades aéreas privilegiadas, a elevada despesa média e baixa sazonalidade, o Brasil continua a ser uma aposta estratégica para o turismo português, com enorme potencial de crescimento”, frisou.

A representante do Governo português explicou que, além de aumentar o número de visitantes brasileiros, tem sido foco de trabalho a promoção de iniciativas para aumentar as receitas obtidas com a atividade turística, bem como a diversificação dos destinos.

“Os turistas brasileiros gostam de descobrir o país, portanto, há uma grande concentração de brasileiros a visitar as regiões do Centro, do Porto e Norte, e do Alentejo. É um mercado que nos interessa também por isto”, contou.

“Se conseguirmos aumentar em 10% as receitas turísticas obtidas com os visitantes brasileiros, será muito para os investimentos que estamos a fazer neste mercado”, acrescentou Ana Mendes Godinho.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

O antigo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos ouvido na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco. Assembleia da República, Lisboa, 19 de junho de 2019. MIGUEL A. LOPES/LUSA

As razões de Teixeira dos Santos – e aquilo que nunca soube

O antigo ministro das Finanças, Teixeira dos Santos ouvido na II Comissão Parlamentar de Inquérito à Recapitalização da Caixa Geral de Depósitos e à Gestão do Banco. Assembleia da República, Lisboa, 19 de junho de 2019. MIGUEL A. LOPES/LUSA

Teixeira dos Santos: Sócrates alertou que nomear Vara criaria “ruído mediático”

Outros conteúdos GMG
Portugal quer atrair 1,5 milhões de turistas brasileiros