frio

Portugal quinto país onde é mais difícil manter a casa quente

Populares caminham numa manhã de geada e o nevoeiro, em Mirandela, 08 de janeiro de 2019. Pedro Sarmento Costa/LUSA
Populares caminham numa manhã de geada e o nevoeiro, em Mirandela, 08 de janeiro de 2019. Pedro Sarmento Costa/LUSA

Dados revelam que um quinto da população portuguesa não tem capacidade para manter a casa quente de forma adequada.

Com a previsão de neve e frio para os próximos dias, mais de 20% dos portugueses terão dificuldades em manter a casa quente de forma adequada. De acordo com os dados divulgados hoje pelo Eurostat, Portugal é o quinto país da União Europeia em que mais pessoas têm dificuldade em manter a habitação confortável durante o inverno.

Os dados referentes a 2017 indicam que 20,4% dos inquiridos confessam não conseguir aquecer a casa, ou seja, cerca de 2 milhões de pessoas. Apesar de o valor ser elevado, representa uma evolução significativa na última década. Em 2007 quase 42% da população portuguesa dizia não ter capacidade de aquecer a casa de forma adequada.

Fonte: Eurostat

Fonte: Eurostat

Pior que Portugal estão a Bulgária (36,5%), a Lituânia (28,9%), a Grécia (25,7%) e o Chipre (22,9%). A média da União Europeia situa-se nos 7,8%.

Os países nórdicos são aqueles em que a população consegue ter um aquecimento adequado da habitação. No Luxemburgo, menos de 2% da população assume dificuldades em aquecer a casa.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Reportagem na fábrica de bicicletas Órbita.
Maria João Gala / Global Imagens )

Sócios da Órbita procuram novo acionista

9_beer cerveja copo

Quebra do mercado chinês penaliza cerveja nacional

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Vieira Lopes: “Metas do governo são realistas mas é preciso investimento”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Portugal quinto país onde é mais difícil manter a casa quente