estudo

Portugueses confiantes na manutenção do poder de compra

shopping-606993_1920

Os portugueses mantém a confiança na economia e não perspetivam alterações significativas no seu rendimento

Os portugueses estão confiantes na economia nacional e estimam que a sua situação financeira e poder de compra irão manter-se positivos ao longo deste ano.

Segundo o estudo do IPAM (escola superior de marketing) “Comportamento do consumidor: O que mudou em 2018?“, 49% dos inquiridos admite que no ano passado o seu rendimento aumentou, fruto da entrada no mercado de trabalho de um elemento do agregado familiar (46%).

Para 57% do universo da amostra a situação financeira mantém-se no verde, após um ciclo positivo iniciado em 2017. O documento avança que 55% dos inquiridos acredita que o poder de compra irá manter-se sem alterações face a 2018.

O estudo revela ainda que 47% dos participantes no inquérito são da opinião que o estado da economia nacional não sofrerá alterações num futuro próximo, com 39% a percecionar uma melhoria e 14% a revelar algum pessimismo.

O fator preço
O estudo do IPAM, que também abordou o comportamento dos consumidores, concluiu que a questão preço é determinante no momento da compra, assim como as promoções.

Na alimentação, os inquiridos demonstraram que a qualidade dos produtos (36%) está na primeira linha aquando da decisão de compra e, logo a seguir, o preço (15%).

Na roupa, sapatos, brinquedos, entre outros produtos, a preocupação com preço é o foco para 27% dos consumidores. O local de compra é escolhido por 33% dos inquiridos em função de campanhas e promoções.

O estudo “Comportamento do consumidor: O que mudou em 2018?” foi realizado pelo IPAM, entre os dias 28 de fevereiro e o dia 8 de março de 2019, com a amostra composta por 450 indivíduos. O IPAM realiza este trabalho desde 2015.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Foto: Leonel de Castro/Global Imagens

Famílias com 12 meses para pagarem rendas do estado de emergência

(João Silva/ Global Imagens)

Papel higiénico, conservas:em 2 semanas, portugueses gastam 585 milhões no super

coronavírus em Portugal (covid-19) corona vírus

140 mortos e 6408 casos confirmados de covid-19 em Portugal

Portugueses confiantes na manutenção do poder de compra