Portugueses entre os maiores consumidores de álcool na Europa

Álcool

Os portugueses encontram-se entre os maiores consumidores de álcool da Europa. Portugal encontra-se na 11ª posição da tabela que inclui 53 países: todos os países da Europa, assim como os da Ásia Central, de acordo com um relatório da Organização Mundial de Saúde (OMS).

Os dados são relativos a 2010 e revelam que o consumo de álcool desde 2008 caiu para os 12,9 litros, a partir dos 14,4 litros registados
entre 2003 e 2005.

O pódio é ocupado pela Bielorrússia com 17,5
litros de álcool puro por habitante por ano, seguido pela Moldávia com 16,8 litros e pela Lituânia com 15,4 litros.

Estes países também
registam as maiores taxas de consumo de álcool na Europa.

O estudo também salienta que os homens portugueses consomem muito mais que as
mulheres: 18,7 litros para o sexo masculino contra os 7,6 litros do sexo masculino.

Leia também: Impostos sobre álcool aumentaram, mas Estado arrecadou menos 33,5 milhões em 10 anos

A média de consumo de álcool na região europeia caiu 1 litro para os 10,9 litros entre 2003-2005 e 2008-2010. Os países europeus são de longe onde se consome mais álcool em todo o mundo.

Os dados revelam que o consumo de álcool em Portugal tem vindo a cair desde a década de 1970.

Então, os portugueses consumiam por ano cerca de 18 litros de álcool puro. Passados 40 anos, esse valor caiu para os 12,9 litros.

O vinho era o rei do álcool nos copos dos portugueses nos anos 70. Quarenta anos depois continua a liderar, mas a cerveja tem vindo a
conquistar terreno.

Segundo a OMS, 20% da população em 2010 tinha
tido um episódio de elevado consumo de bebida (60 gramas de puro álcool numa ocasião) nos últimos 30 dias.

A dependência do álcool também é destacada no estudo: em 2010, 3,1% da população era alcoólica, um valor abaixo da média europeia de 4%, enquanto 5,8% dos portugueses abusavam
do álcool, contra 7,5% dos europeus.

Pelo contrário, um quarto dos portugueses (22,5%) revelaram que são abstémios, não consumindo qualquer tipo de bebida alcoólica.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
António Costa e Silva, responsável pelo plano para a economia nacional nos próximos dez anos.
(Leonardo Negrão / Global Imagens)

Plano de Costa Silva. As bases estão lá, falta garantir boa execução

Filipe Santos, dean da Católica Lisbon Business and Economics ( Pedro Rocha / Global Imagens )

Filipe Santos: Risco de austeridade? “Depende de como evoluir a economia”

Filipe Santos, dean da Católica Lisbon Business and Economics ( Pedro Rocha / Global Imagens )Filipe Santos
( Pedro Rocha / Global Imagens )

Filipe Santos: Há um conjunto de empreendedores que vai continuar

Portugueses entre os maiores consumidores de álcool na Europa