Portugueses pesquisam no Google onde votar nas eleições europeias

No motor de busca, Portugal está no top 10 dos países com mais interesse demonstrado pela votação marcada para 26 de maio.

Onde votar nas eleições europeias em 2019 - é o que os portugueses mais pesquisam no Google a propósito da votação marcada para o próximo dia 26 de maio. Nos resultados divulgados pelomotor de busca, a propósito das eleições europeias, Portugal está no top 10 dos países com mais interesse pela ida às urnas que se avizinha. Ainda, assim, estamos no fim da tabela, no 10º lugar, de uma lista encabeçada pela Finlândia. Suécia e Áustria completam o pódio.

Por outro lado, na Itália, a questão mais pesquisada é "como votar nas europeias de 2019". Já os suecos querem saber "porque devo votar nas eleições europeias de 2019" e também "o que fazem os partidos nas eleições europeias". Os britânicos, por sua vez, perguntam "quando são as eleições europeias".

A dinamarquesa Margrethe Vestager é uma das personalidades que mais interesse tem gerado. Não sendo candidata às eleições parlamentares, a Comissária Europeia para a Concorrência está na lista dos possíveis sucessores a Jean-Claude Juncker, atual presidente da Comissão Europeia. Vestager tem estado na ribalta pelas multas milionárias que Bruxelas tem aplicado a gigantes tecnológicos como a Google e o Facebook.

"Quem é Margrethe Vestager", é a principal questão pesquisada sobre personalidades. Os utilizadores querem também saber onde nasceu a dinamarquesa e porque é que não podem votar por ela. A resposta é porque a comissária não se apresenta como candidata ao Parlamento Europeu, o único órgão europeu cujos representantes são eleitos por sufrágio direto.

Contudo, o vice-presidente da Comissão Europeia Frans Timmermans encabeça a lista de personalidades pesquisadas. Quantas línguas fala e a sua nacionalidade são questões que têm despertado o interesse dos utilizadores do Google.

Os tópicos mais pesquisados são: "eleições europeias" seguido de "Brexit" e "euro". A completar o top 5 está ainda "roaming na união europeia" "registo de tempo de trabalho na UE", a propósito das notícias recentes sobre estes tópicos.

Os dados foram enviados em comunicado às redações e dizem respeito às pesquisas efetuadas no Google entre domingo, dia 19 de maio, e segunda-feira, dia 21 de maio.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de