Habitação

Preço das casas no Porto bateu recordes no primeiro trimestre

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens
Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Dados da Confidencial Imobiliário mostram que, no arranque de 2019, o preço do metro quadrado no Porto atingiu um máximo histórico.

Comprar uma casa de 100 metros quadrados no Porto já custa mais de 210 mil euros. Segundo a Confidencial Imobiliário (CI), uma plataforma que analisa transações de imóveis, o preço do metro quadrado no Porto atingiu um máximo histórico no primeiro trimestre de 2019.

A análise publicada esta segunda-feira mostra que entre janeiro e março, o metro quadrado no Porto foi vendido, em média, a 2 124 euros. No trimestre anterior o valor rondava os 2085 euros.

Segundo a plataforma, o mercado imobiliário do Porto é o que mais valoriza a nível nacional. No espaço de um ano os preços aumentaram 28,8%.

A Confidencial Imobiliário começou a monitorizar as transações de imóveis em Portugal em 2007. Desde então, só entre meados desse ano e o início de 2008 é que o preço do metro quadrado no Porto tinha ultrapassado o patamar dos dois mil euros.

Em três freguesias da cidade os valores estão mesmo acima da média. A União de Freguesias de Cedofeita, Santo Ildefonso, Sé, Miragaia, S. Nicolau e Vitória é a mais cara, com uma média de preços de 2 682 por metro quadrado.

Seguem-se a União de Freguesias de Aldoar, Foz do Douro e Nevogilde e a União de Freguesias de Lordelo do Ouro e Massarelos, com preços de 2 612 euros e 2 303 euros, respetivamente.

Campanhã é a freguesia mais acessível, com o valor do metro quadrado a situar-se nos 1 291 euros.

A análise da CI está em linha com a tendência verificada pelo Instituto Nacional de Estatística, segundo o qual os preços no Porto subiram 22% no primeiro trimestre para um valor mediano de 1682 euros, mais 303 euros face ao período homólogo.

Ainda assim, destaca a CI, os preços das casas já estão a subir a um ritmo menos acelerado face aos trimestres anteriores.

Em Lisboa, no mesmo trimestre, o metro quadrado foi vendido em média por 3 561 euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
(Orlando Almeida / Global Imagens)

Metro de Lisboa investe 114 milhões em novos comboios e sinalização

Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas. (Fotografia: Global Imagens)

Governo confirma que está a estudar juntar aeroporto civil à base de Monte Real

Foto: D.R.

“Efeitos definitivos”. Isabel dos Santos sai da Efacec

Preço das casas no Porto bateu recordes no primeiro trimestre