Coronavírus

Preço do petróleo cai para mínimos desde dezembro de 2018

A queda do preço do petróleo já se começa a refletir nos preço dos combustíveis. Foto: D.R,.
A queda do preço do petróleo já se começa a refletir nos preço dos combustíveis. Foto: D.R,.

Os receios da propagação do coronavírus e os seus efeitos na procura estão a afetar as cotações do petróleo

O preço do barril de petróleo Brent para entrega em abril estava esta segunda-feira a cair para 54,10 dólares, menos 1,54% que na sexta-feira e em mínimos desde dezembro de 2018, devido aos receios da propagação do coronavírus.

O petróleo do mar do Norte, de referência na Europa, tinha acabado a semana passada a 54,48 dólares, depois de registar descidas nos dias prévios devido ao nervosismo de que o novo vírus possa afetar a procura, referem analistas citados pela Efe.

O petróleo continua hoje em baixa depois de o ministro da Energia do Azerbaijão, Parviz Shahbazov, ter dito no domingo que não se espera antes de março qualquer reunião a nível ministerial da OPEP+ (Organização dos Países Exportadores de Petróleo, Rússia e outros nove produtores aliados) devido ao surto do coronavírus na China.

Em declarações à imprensa, Shahbazov indicou que houve uma proposta de antecipar a reunião a nível ministerial da coligação OPEP+, composta por 10 sócios da OPEP, Rússia e outros nove produtores de petróleo.

Contudo, a situação atual “é que não haverá uma reunião ministerial antes da que está prevista” nos dias 05 e 06 de março.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Biedronka assegura 68% das vendas; Pingo Doce 24%

Jerónimo Martins vai impugnar coima de 24 milhões na Polónia

Parque Eólico

EDP Renováveis vende sete parques eólicos à Finerge em Espanha

Luís Máximo dos Santos é presidente do Fundo de Resolução.

Fundo de Resolução diz que comprador da GNB tinha a proposta “mais atrativa”

Preço do petróleo cai para mínimos desde dezembro de 2018