Confidencial Imobiliário

Preços de alojamento local sobem em Lisboa e estabilizam no Porto

Alojamento local

No 1º semestre o valor médio anual das diárias no Alojamento Local subiu 4,6% no Centro Histórico de Lisboa e 0,3% no Centro Histórico do Porto.

Os preços no Alojamento Local sobem 4,6% em Lisboa e estabilizam no Porto (0,3%) no primeiro semestre deste ano, de acordo com a Confidencial Imobiliário.

Estes são os primeiros resultados no novo Índice de Preços no Alojamento Local (IAL.Ci) apurado pela Confidencial Imobiliário, o qual incide sobre os centros históricos de Lisboa e Porto. O novo índice é igualmente apurado para Barcelona, um dos principais destinos turísticos europeus e benchmark neste mercado para as duas cidades portuguesas.

A Confidencial Imobiliário revela que o novo IAL.Ci acompanha um painel significativo de unidades de alojamento ao longo do tempo, monitorizando a média anual do valor das diárias para diferentes momentos de estada ao longo do ano. “A metodologia permite cobrir em cada consulta todo o ciclo turístico, fazendo com que os dados não reflitam o efeito da sazonalidade ao medir a variação dos preços para momentos equiparáveis”. O índice cobre os centros históricos de Lisboa e Porto, medindo a variação do nível de valor cobrado por noite (diárias) nesse mercado.

Os mercados de Lisboa e Porto mostram um resultado semestral influenciado por dois ciclos de variação trimestral com comportamentos diferentes, salienta a empresa. “Em ambos os casos, no primeiro trimestre, as diárias médias anuais no Alojamento Local desceram face ao trimestre anterior, com quebras de 3,0% no caso de Lisboa e de 4,6% no caso do Porto. Já no segundo trimestre, a diária média anual apresentou um acréscimo que mais que compensou as perdas anteriores”.

No caso de Lisboa, a subida trimestral foi de 7,8% e no caso do Porto foi de 5,1%., influenciando positivamente a evolução semestral.

Para Ricardo Guimarães, diretor da Ci, “é vital para as cidades de Lisboa e Porto acompanhar este índice, pois a evolução do mercado do Alojamento Local será sempre ditada pela rentabilidade e expectativas dos operadores. Ao medir a variação do nível de valor cobrado, este índice permite também sinalizar a variação no rendimento esperado pelos operadores deste tipo de alojamento”.

No caso da cidade espanhola, o valor médio anual no Alojamento Local apresentou uma subida de 5,8% no primeiro semestre deste ano. Decompondo este resultado por trimestres, foi o segundo (aumento de 5,0%) que mais contribuiu para a subida semestral, já que no 1º trimestre a evolução, apesar de positiva, foi muito ténue.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
O primeiro-ministro, António Costa (E), conversa com o ministro de Estado e das Finanças, João Leão (D), durante o debate e votação da proposta do orçamento suplementar para 2020, na Assembleia da República, em Lisboa, 17 de junho de 2020. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Orçamento suplementar mantém despesa de 704 milhões de euros para bancos falidos

Jorge Moreira da Silva, ex-ministro do ambiente

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Acordo PS-PSD. “Ninguém gosta de um planalto ideológico”

Mario Draghi, presidente do BCE. Fotografia: Reuters

Covid19. “Bazuca financeira tem de fazer mira à economia, desigualdades e clima”

Preços de alojamento local sobem em Lisboa e estabilizam no Porto