Investimento

Presidente chinês confirma 2.º Fórum da Nova Rota da Seda em Pequim em abril

Foto: REUTERS/Ivan Alvarado
Foto: REUTERS/Ivan Alvarado

Primeiro Fórum da Nova Rota da Seda realizou-se em maio do ano passado, também em Pequim.

O presidente de China, Xi Jinping, confirmou hoje que o segundo Fórum da Nova Rota da Seda para a Cooperação Internacional se vai realizar em Pequim em abril de 2019, informou a agência estatal Xinhua.

Durante uma intervenção por ocasião do Fórum de Cooperação Ásia-Pacífico (APEC), que se realiza na Papua Nova Guiné, Xi indicou que esta convocatória é uma “resposta à comunidade internacional”.

O presidente chinês não deu mais pormenores sobre o assunto, apesar de imediatamente depois se ter defendido das críticas do vice-presidente norte-americano, Mike Pence, que acusou Pequim de ter uma “diplomacia opaca de livro de cheques”.

Segundo Pence, os projetos que a China promove nos países em desenvolvimento são de “baixa qualidade” e “geralmente mantêm fortes laços e conduzem a uma dívida avassaladora”.

“Não aceitem dívida externa que comprometa a vossa soberania. Protejam os vossos interesses e preservem a vossa independência. Como os Estados Unidos, ponham o vosso país em primeiro lugar”, instou Pence.

Sobre estas acusações, Xi defendeu que a iniciativa Nova Rota da Seda – lançada em 2013 e também conhecida como “Uma Faixa, uma Rota” – “não oculta uma agenda geopolítica” nem é uma “armadilha” para dominar nações mais desfavorecidas.

Perante a agenda chinesa de expansão da cooperação com países como os do Pacífico através de investimento em infraestruturas e créditos suaves, os Estados Unidos, o Japão e a Austrália anunciaram o lançamento de uma iniciativa similar.

Os três países emitiram um comunicado no qual apontam que este novo plano de investimentos em infraestruturas no Pacífico cumprirá com os padrões internacionais de “transparência e sustentabilidade orçamental”.

O primeiro Fórum da Nova Rota da Seda realizou-se em maio do ano passado, também em Pequim, com a participação de representantes de cerca de uma centena de países.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Orlando Almeida / Global Imagens)

Arrendatários vão poder realizar obras e pedir o reembolso

TIAGO PETINGA/LUSA

EDP nega ter indicado Manuel Pinho para curso nos EUA

luzes, lâmpadas, iluminação

Fatura da eletricidade baixa em 2019 “para todos”, garante o ministro

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Presidente chinês confirma 2.º Fórum da Nova Rota da Seda em Pequim em abril