Turismo

Presidente do WTTC elogia políticas portuguesas no setor: “Devem ser replicadas”

Gloria Guevara é a presidente do WTTC.
(Fotografia: Parlamento Europeu)
Gloria Guevara é a presidente do WTTC. (Fotografia: Parlamento Europeu)

O crescimento da atividade turística em Portugal foi elogiada pela presidente e CEO do WTTC.

As políticas no setor do turismo em Portugal “devem ser replicadas”, afirmou esta terça-feira Gloria Guevara, presidente e CEO do Conselho Mundial de Viagens e Turismo (em inglês, WTTC – World Travel & Tourism Council).

Na abertura do Fórum de Líderes Europeus do WTTC, que decorre em Lisboa, Gloria Guevara elogiou o setor português pelos números recorde. Trata-se de um “crescimento impressionante”, acrescentou, destacando a evolução do país em termos de qualidade.

“Mas não se trata apenas de um trabalho do Governo”, justificou o ministro da Economia, Manuel Caldeira Cabral, sublinhando que o setor cresce a dois dígitos pelo “esforço conjunto” do executivo e dos privados.

“Essa é a razão pela qual mais de 85% dos turistas dizem que Portugal ficou acima das suas expetativas”, refere.

Sobre a estratégia desenhada para os próximos 10 anos, o governante diz que o setor está a trabalhar para “alargar a atividade turística ao longo do ano e de todo o território”, para que se consiga diminuir a sazonalidade, por um lado, e evitar a concentração excessiva de visitantes nos locais tradicionalmente mais turísticos.

Caldeira Cabral aponta a inovação como “a chave do sucesso” do negócio. “O turismo é um setor que não tem nada de tradicional”, diz, salientando a importância da tecnologia.

Reconhece, porém, que “não se pode crescer sem investimento” e que, por isso, foram disponibilizadas linhas de financiamento a empresários que queiram reinventar ou criar novas ofertas.

O ministro admite ainda que o Governo está a acompanhar a evolução do emprego no setor, chamando a atenção para as mudanças introduzidas na formação.

Promovido pelo Turismo de Portugal em conjunto com o WTTC, este fórum, que se realiza pela primeira vez em Portugal, reúne alguns dos principais líderes europeus do turismo, assim como responsáveis governamentais e especialistas regionais.

Peter Fankhauser, presidente executivo da Thomas Cook Group, Gianni Onorato, CEO da MSC Cruises, Mário Ferreira, presidente executivo da Mystic Invest e Miguel Frasquilho, presidente do Conselho de Administração da TAP são alguns dos oradores.

*Última atualização às 13h05 de 11/09/2018 com mais informação

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
EPA/MICHAEL REYNOLDS

Ação climática. Portugal vai ter de gastar mais de um bilião de euros

O ministro das Finanças, Mário Centeno. Fotografia: José Sena Goulão/Lusa

Défice de 2018 revisto em baixa uma décima para 0,4% do PIB

Imagem de um avião da Thomas Cook estacionado em Manchester, Reino Unido. (REUTERS/Phil Noble)

Thomas Cook: Falência leva a cancelamento de voos para Funchal

Outros conteúdos GMG
Presidente do WTTC elogia políticas portuguesas no setor: “Devem ser replicadas”