Angola

Primeira-dama de Angola em Paris para tratar vírus

João Lourenço, Presidente de Angola. Fotografia: Estela Silva/Lusa
João Lourenço, Presidente de Angola. Fotografia: Estela Silva/Lusa

Ana Dias Lourenço foi vista publicamente pela última vez a dia 9 de Maio, diz o site informativo angolano Club-K.

A primeira-dama de Angola, Ana Dias Lourenço, viajou recentemente para Paris (França) devido à contaminação por um vírus, avança o África Intelligence, sem contudo especificar de que doença se trata. A publicação diz que Ana Dias Lourenço “foi considerada doente o suficiente para justificar a preocupação dos Estados Unidos e da França”, que quiseram conduzi-la a centro médico internacional.

A mulher do presidente angolano terá viajado de Luanda para Paris acompanhada por dois médicos americanos e estará no Hospital Americano de Paris.

Segundo o site informativo angolano Club-K, Ana Dias Lourenço foi vista publicamente pela última vez a dia 9 de Maio, quando recebeu uma equipa de médicos marroquinos em Luanda. Já na semana passada (dia 16), o ativista político Raul Diniz colocou um twitter onde avançava que membros da família presidencial angolana teriam viajado para a Europa por razões de saúde.

A primeira-dama de Angola pretendia consultar o seu médico nos Estados Unidos da América, país onde viveu quatro anos exercendo um cargo de alta funcionaria no Banco Mundial. No entanto, o encerramento das fronteiras como medida para conter a disseminação do coronavírus impediu essa viagem.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
marcelo

Marcelo avisa que Portugal tem de construir um “país diferente”

O secretário-geral da UGT, Carlos Silva. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

UGT insiste em mais 35 euros de salário mínimo e exige redução de IRS

(João Manuel Ribeiro/Global Imagens)

BCP chega a acordo com sindicatos e atualiza todos os salários com retroativos

Primeira-dama de Angola em Paris para tratar vírus