Imobiliário

Procura internacional de casas em Portugal aumentou mais de 400%

Fotografia: Gonçalo Villaverde / Global Imagens
Fotografia: Gonçalo Villaverde / Global Imagens

Os dados referem-se ao tráfego do site imobiliário imovirtual que apresenta opções de compra e arrendamento de habitações em Portugal.

Nos primeiros 3 meses deste ano o tráfego internacional no portal online de imobiliário imovirtual aumentou 414% comparando com o trimestre homólogo do ano passado. Entre janeiro e março houve 1,5 milhões de visitas ao site por parte de estrangeiros.

Os internautas dos Estados Unidos foram os que mais afiaram o interesse em terras lusas, com um crescimento de visitas de 231% relativamente a 2017. Também o Brasil, França, Reino Unido e Suíça estão na lista dos países que mais interesse demonstram no mercado imobiliário português.

“A procura internacional tem vindo a sustentar e a dinamizar o mercado imobiliário desde há um par de anos, mas registou uma nova dinâmica nos três primeiros meses do ano, demonstrando que o interesse e a procura de investimento internacional em Portugal está a aumentar e além dos países que já vínhamos a ter registo, destaca-se agora os EUA, o que abre novas oportunidades para o mercado e em particular para os agentes portugueses”, refere em comunicado a responsável pelo imovirtual, Cláudia Gomes.

Leia também: 20 locais ‘secretos’ em Portugal que tem de visitar

No Brasil tem havido uma procura crescente no país por parte das zonas de São Paulo (30%), Rio de Janeiro (25%), e Minas Gerais (7,5%) em apartamentos nos concelhos de Lisboa e Cascais e moradias nos concelhos de Braga, Porto e Vila Nova de Gaia, respetivamente. No geral, a tipologia T2 é a mais procurada, seja na pesquisa de imóveis para arrendamento ou para venda.

Relativamente à procura interna, que representa 85% do tráfego do site, registou um aumento de 10,37% o primeiro trimestre do ano, comparativamente com o mesmo período do ano passado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
7. Aeroporto de Londres Heathrow

Oficial. Portugal fora do corredor turístico do Reino Unido

O ministro dos Negócios Estrangeiros, Augusto Santos Silva. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

Decisão do Reino Unido é “absurda”, “errada” e “desapontante”, diz Santos Silva

O primeiro ministro, António Costa.     MANUEL DE ALMEIDA / POOL/LUSA

António Costa admite despedimentos na TAP com menos rotas e aviões

Procura internacional de casas em Portugal aumentou mais de 400%