INE

Produção na construção acelera em junho

construção

A variação homóloga do índice de produção na construção acelerou para 4,0% em junho. O emprego cresceu 2,6% e as remunerações progrediram 6,6%.

A variação homóloga do índice de produção na construção acelerou para 4,0% em junho, com o emprego a crescer 2,6% e as remunerações a progredirem 6,6%, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em maio o índice de produção na construção tinha registado uma taxa de variação homóloga de 3,6%, enquanto os índices de emprego e de remunerações tinham crescido 2,8% e 3,3%, respetivamente.

Segundo o INE, em junho ambos os segmentos que integram o índice de produção na construção apresentaram variações superiores às do mês anterior: o segmento da construção de edifícios acelerou 0,3 pontos percentuais (p.p.), para uma variação homóloga de 3,8% (contributo de 2,3 p.p. para o índice agregado), e o de engenharia civil evoluiu 0,3 pontos percentuais, para uma taxa de variação homóloga de 4,3% e um contributo de 1,7 p.p. para o índice total.

Em junho, o índice de emprego no setor da construção assinalou uma variação homóloga de 2,6% (variação de 2,8% em maio) e uma variação mensal de 0,3% (0,5% em junho de 2017).

Já o índice das remunerações efetivamente pagas registou uma taxa de variação homóloga de 6,6% (3,3% em maio) e, face ao mês anterior, aumentou 9,9% (6,5% no mesmo período de ano anterior).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Vasco Morgado, presidente da junta de Freguesia de Santo António em Lisboa.
 ( Pedro Rocha / Global Imagens )

Na freguesia mais cara do país “trocam-se pessoas por mercadorias”

Pedro Queiroz Pereira

Pedro Queiroz Pereira deixa império de mil milhões

Os prédios do casco histórico estão a ser ocupados por  alojamento local.Fábio Poço/Global Imagens

“Se eu não estiver aqui, o que é que eles vêm ver?”

Outros conteúdos GMG
Produção na construção acelera em junho