INE

Produção na construção acelera em junho

construção

A variação homóloga do índice de produção na construção acelerou para 4,0% em junho. O emprego cresceu 2,6% e as remunerações progrediram 6,6%.

A variação homóloga do índice de produção na construção acelerou para 4,0% em junho, com o emprego a crescer 2,6% e as remunerações a progredirem 6,6%, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em maio o índice de produção na construção tinha registado uma taxa de variação homóloga de 3,6%, enquanto os índices de emprego e de remunerações tinham crescido 2,8% e 3,3%, respetivamente.

Segundo o INE, em junho ambos os segmentos que integram o índice de produção na construção apresentaram variações superiores às do mês anterior: o segmento da construção de edifícios acelerou 0,3 pontos percentuais (p.p.), para uma variação homóloga de 3,8% (contributo de 2,3 p.p. para o índice agregado), e o de engenharia civil evoluiu 0,3 pontos percentuais, para uma taxa de variação homóloga de 4,3% e um contributo de 1,7 p.p. para o índice total.

Em junho, o índice de emprego no setor da construção assinalou uma variação homóloga de 2,6% (variação de 2,8% em maio) e uma variação mensal de 0,3% (0,5% em junho de 2017).

Já o índice das remunerações efetivamente pagas registou uma taxa de variação homóloga de 6,6% (3,3% em maio) e, face ao mês anterior, aumentou 9,9% (6,5% no mesmo período de ano anterior).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Milhares de viaturas produzidas na Autoeuropa são visíveis do exterior da base aérea do Montijo.
Direitos Reservados

Carros da Autoeuropa enchem base do Montijo. Empresa quer renovar parceria

Fotografia: Gerardo Santos / Global Imagens

Galamba mexe na DGEG e escolhe João Bernardo para novo diretor-geral

Fotografia: 
Maria João Gala / Global Imagens

Greve dos comboios marcada para 7 de dezembro

Outros conteúdos GMG
Produção na construção acelera em junho