INE

Produção na construção acelera em setembro

Foto: DR
Foto: DR

Em agosto, o índice de produção na construção tinha registado uma taxa de variação homóloga de 4,1%.

A produção na construção acelerou em setembro ao subir 4,2%, em termos homólogos, tendo os índices de emprego e de remunerações aumentado 2,8% e 3,4%, respetivamente, indicou esta segunda-feira o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em agosto, o índice de produção na construção tinha registado uma taxa de variação homóloga de 4,1%, enquanto os índices de emprego e de remunerações tinham crescido 2,8% e 3,8%, respetivamente.

Segundo o INE, o segmento da construção de edifícios apresentou o maior contributo (3,1 pontos percentuais) para a variação do índice agregado, resultante de uma variação homóloga de 5,2% em setembro (5,0% em agosto.

Já a variação da engenharia civil fixou-se em 2,7%, valor igual ao observado em agosto, tendo contribuído com 1,1 pontos percentuais para o total do índice.

De acordo com o INE, em setembro o índice de emprego no setor da construção apresentou uma taxa de variação homóloga de 2,8%, idêntica à de agosto.

Face ao mês anterior, o índice de emprego aumentou 0,2%, (variação igual em setembro de 2017).

Quanto ao índice das remunerações efetivamente pagas, registou uma taxa de variação homóloga de 3,4% (3,8% em agosto).

Em relação ao mês anterior, este índice apresentou uma queda de 1,9% (-1,5% em setembro de 2017).

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gustavo Bom/Global Imagens

Não conseguiu validar as faturas para o IRS? Contribuintes têm mais um dia

O ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação das obras de arte da coleção BPN, agora integradas na Coleção do Estado, no Forte de Sacavém. Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Fundo de Resolução já pagou em juros 530 milhões ao Estado e 90 milhões a bancos

(Filipe Amorim / Global Imagens)

Venda do Novo Banco é “um não-assunto” para o Fundo de Resolução

Produção na construção acelera em setembro