Construção

Produção na construção cai 5,5% em julho

Fotografia: D.R.
Fotografia: D.R.

Índice de produção na construção passou de uma variação negativa de 8,5% em junho, para uma variação negativa de 5,5% no mês em análise

O índice de produção na construção diminuiu 5,5% em julho, uma recuperação de três pontos percentuais face ao valor registado no mês anterior, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Os dados hoje divulgados mostram que o índice de produção na construção passou de uma variação negativa de 8,5% em junho, para uma variação negativa de 5,5% no mês em análise, com o segmento da construção de edifícios a registar uma quebra de 4,9% (tinha decrescido 8,3% em junho).

No segmento de engenharia civil foi também observada uma ligeira recuperação, tendo passado de uma quebra de 8,8%, para uma diminuição de 6,4% em julho.

Já os índices de emprego e de remunerações apresentaram diminuições homólogas de 0,9% e 2,0%, respetivamente, em julho, depois de em junho o decréscimo ter sido de 1,6% e 2,6%, pela mesma ordem.

Face a junho, estes índices aumentaram 0,8% e 5,4%, (variações de 0,2% e 4,7% em julho de 2019), respetivamente.

O INE sublinha que apesar das circunstâncias determinadas pela pandemia de covid-19, “apela à melhor colaboração das empresas, das famílias e das entidades públicas” na resposta às suas solicitações, uma vez que a “qualidade das estatísticas oficiais, particularmente a sua capacidade para identificar os impactos da pandemia de covid-19, depende crucialmente dessa colaboração”.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Restaurante de praia 
 Maré at Pine Cliffs 
(Maria João Gala /Global Imagens)

Pandemia faz disparar desemprego, mas verão alivia alguns setores

(JOSÉ COELHO/LUSA)

Cadeias de retalho contra desfasamento de horários. Aguardam publicação da lei

Christine Lagarde, presidente do Banco Central Europeu. (FREDERICK FLORIN / AFP)

Lagarde: BCE continua a ter opções para apoiar a economia se for necessário

Produção na construção cai 5,5% em julho