Produção na construção mantém quebra em fevereiro

O índice de produção na construção manteve em fevereiro uma diminuição homóloga de 4,7%, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

O índice de produção na construção manteve em fevereiro uma diminuição homóloga de 4,7%, enquanto os índices de emprego e de remunerações recuaram 5,3% e 4,6%, respetivamente, divulgou hoje o Instituto Nacional de Estatística (INE).

Em comunicado, o INE nota que os segmentos de construção de edifícios e de engenharia civil apresentaram "comportamentos distintos" no período, com o primeiro a passar de uma variação homóloga de -5,2% em janeiro para -4,8% em fevereiro e o segundo a registar uma diminuição homóloga de 4,4% em fevereiro (-4,1% em janeiro).

Quanto ao índice de emprego no setor da construção, diminuiu 5,3% em termos homólogos (variação de -5,6% em janeiro) e, face ao mês anterior, recuou 0,1% (-0,4% em fevereiro de 2015).

Já o índice das remunerações efetivamente pagas apresentou uma variação homóloga de -4,6% em fevereiro (-3,7% no mês precedente), sendo que comparativamente com o mês anterior aumentou 0,7% (1,7% em fevereiro de 2015).

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de