Profissionais de saúde acusam Costa de mentir

Bastonários contestam afirmações do primeiro-ministro e denunciam faltas graves de equipamento.

Os profissionais e saúde acusam o primeiro-ministro de mentir na entrevista que deu à TVI, quando afirmou que não faltava material nos hospitais. "Até agora não faltou nada e não é previsível que venha a faltar", afirmou Costa. Segundo avança o Expresso, os bastonários das ordens dos Médicos, Enfermeiros e Farmacêuticos vão escrever esta quarta-feira uma carta ao chefe do governo, a criticar as declarações de António Costa.

Os responsáveis lamentam que o primeiro-ministro tenha garantido que não há falta de material quando todos os dias têm de prestar assistência e cuidar de doentes sem os equipamentos de proteção básicos, como máscaras, luvas, batas ou álcoolgel para desinfeção.

Há ainda a carência de ventiladores, uma sombra que paira sobre as unidades e os profissionais de saúde, que temem não ter meios suficientes para um pico de doentes de Covid-19.

Segundo o Expresso, os bastonários denunciam situações extremas como profissionais a trabalhar com máscaras de esqui ou óculos de mergulho para se proteger. E lembram que até a Organização Mundial da Saúde já admitiu que nenhum país do mundo está preparado para enfrentar uma pandemia como a que vivemos.

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de