Europeias

Projeções de resultados recebidas em silêncio na sede do CDS

Aspecto da sala de conferência de imprensa da sede do CDS-PP no Largo do Caldas, no dia da votação para as eleições europeias 2019. As projecções apontam a esta hora para que o partido tenha elegido apenas um deputado e seja a quinta força partidária mais votada.
( Gustavo Bom / Global Imagens )
Aspecto da sala de conferência de imprensa da sede do CDS-PP no Largo do Caldas, no dia da votação para as eleições europeias 2019. As projecções apontam a esta hora para que o partido tenha elegido apenas um deputado e seja a quinta força partidária mais votada. ( Gustavo Bom / Global Imagens )

As duas sondagens à boca das urnas dão um a dois eurodeputados ao CDS, que voltou a candidatar Nuno Melo como cabeça de lista.

As projeções das televisões de resultados das europeias de hoje foram recebidas em silêncio na sala de imprensa do CDS-PP, onde decorre a noite eleitoral do partido, na sede nacional, em Lisboa.

Às 20:00, quando RTP e SIC anunciaram as suas projeções, estavam menos de uma dezena de militantes e apoiantes na sala onde habitualmente se realizam as conferências de imprensa.

Até às 20:45, não estava previsto qualquer comentário da parte da direção do CDS.

Cerca das 20:20, a dezena de apoiantes presentes deixaram a sala, onde estão agora apenas jornalistas. Nenhum dirigente nacional do partido desceu do segundo andar da sede, onde está reunida a comissão diretiva, órgão mais restrito da direção, para falar aos jornalistas.

As duas sondagens à boca das urnas dão um a dois eurodeputados ao CDS, que voltou a candidatar Nuno Melo como cabeça de lista, uma das quais, a da SIC, põe o CDS e o PAN com a mesma percentagem nas projeções.

A comissão diretiva do CDS-PP está reunida, desde cerca das 17:30, na sede nacional dos centristas para acompanhar a noite eleitoras das europeias, disse à Lusa fonte partidária.

A presidente, Assunção Cristas, e o cabeça de lista do CDS-PP às europeias chegaram à sede do largo do Caldas, em Lisboa, cerca das 17:00.

Nas eleições europeias de 2014, o CDS concorreu em coligação com o PSD e elegeu um eurodeputado, Nuno Melo, e Assunção Cristas estabeleceu como objetivo mínimo duplicar o número de eurodeputados.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Ilustração: Vítor Higgs

Indústria têxtil em força na principal feira de Saúde na Alemanha

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Nova dívida da pandemia custa metade da média em 2019

spacex-lanca-com-sucesso-e-pela-primeira-vez-a-nave-crew-dragon-para-a-nasa

SpaceX lança 57 satélites para criar rede mundial de Internet de alta velocidade

Projeções de resultados recebidas em silêncio na sede do CDS