Economia

PS quer ouvir Manuel Pinho “o mais depressa possível” no parlamento

Manuel Pinho
Manuel Pinho

O PS é favorável à audição "o mais depressa possível", no parlamento, do ex-ministro da Economia Manuel Pinho.

O PS é favorável à audição “o mais depressa possível”, no parlamento, do ex-ministro da Economia Manuel Pinho sobre o “caso insólito” de alegados pagamentos, pelo BES, quando estava no Governo, informou hoje o líder parlamentar do PS.

Numa declaração enviada à Lusa, Carlos César afirmou que os socialistas estão “evidentemente interessados em conhecer o que o antigo ministro Pinho tem a dizer sobre todo este caso insólito”, na sequência do pedido anunciado, no domingo, pelo presidente do PSD, Rui Rio.

Para o líder da bancada socialista, é necessário “escrutinar todas as decisões que ele pessoalmente tomou enquanto foi governante e que se possam relacionar com a situação que lhe é imputada e que ainda não desmentiu”.

“Há toda a vantagem em que essa audição seja feita o mais depressa possível”, de acordo com a declaração de Carlos César.

O “caso insólito” a que Carlos César se refere foi noticiado, em 19 de abril, pelo jornal ‘on-line’ Observador, segundo o qual há suspeitas de Manuel Pinho ter recebido, entre 2006 e 2012, cerca de um milhão de euros.

Os pagamentos, de acordo com o jornal, terão sido realizados a “uma nova sociedade ‘offshore’ descoberta a Manuel Pinho, chamada Tartaruga Foundation, com sede no Panamá, por parte da Espírito Santo (ES) Enterprises — também ela uma empresa ‘offshore’ sediada no paraíso fiscal das Ilhas Virgens Britânicas e que costuma ser designada como o ‘saco azul’ do Grupo Espírito Santo”.

As transferências, de acordo com o jornal, que cita um despacho de 11 de abril dos procuradores Carlos Casimiro e Hugo Neto consultado pelo Observador nos autos do caso EDP, “terão sido realizadas ‘por ordem de Ricardo Salgado’ ao ‘aqui arguido, ex-ministro da Economia Manuel Pinho'”.

No domingo, passados dez dias sobre a divulgação da notícia, o presidente do PSD afirmou que vai pedir a audição do ex-governante.

“O PSD vai tomar a iniciativa de chamar o ex-ministro Manuel Pinho ao parlamento no sentido de ele poder dar, do ponto de vista político, as explicações que ache que deve dar ao país”, declarou.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
(Tony Dias/Global Imagens)

Consumo dispara e bate subida de rendimentos

Hotéis de Lisboa esgotaram

“Grandes” eventos impulsionaram aumento dos preços na hotelaria em junho

Catarina Martins, Bloco de Esquerda

Catarina Martins diz que “Ryanair não pode ter um estatuto de impunidade”

Outros conteúdos GMG
PS quer ouvir Manuel Pinho “o mais depressa possível” no parlamento