Europeias

Oficial. PS vence com 33%, Bloco sobe para 2 eurodeputados, PAN consegue 1

O cabeça de lista do Partido Socialista (PS) às eleições europeias, Pedro Marques (E) com o secretário-geral do PS, António Costa (D). Fotografia: MIGUEL A. LOPES/LUSA
O cabeça de lista do Partido Socialista (PS) às eleições europeias, Pedro Marques (E) com o secretário-geral do PS, António Costa (D). Fotografia: MIGUEL A. LOPES/LUSA

Oficial. PS elege 9 eurodeputados. PSD consegue 6. BE sobe para 2 deputados. CDU desce para 2. CDS obtém 1. PAN estreia-se no PE com 1 eurodeputado.

O Partido Socialista (PS) é o vencedor das eleições para o Parlamento Europeu (PE), em Portugal. A surpresa do serão eleitoral é o PAN (Pessoas Animais Natureza), que acaba de eleger um deputado ao PE, passava pouco da meia-noite. O BE (Bloco de Esquerda) conseguiu subir para dois mandatos, já a noite ia longa.

Os dados oficiais, divulgados pelo Ministério da Administração Interna (MAI), quando já estão apuradas 99,87% das freguesias/círculos eleitorais, confirmam que o PS consegue quase 33,4% dos votos (6 mandatos, número que subirá para 9 depois de finalizada a contagem global).

O PSD consegue 21,9% (4 eurodeputados mas, tal como no caso do PS, o número subirá para 6 depois de finalizada a contagem global).

O BE obtém, na reta da meta, 9,8% dos votos (2 mandatos). A CDU (PCP-PEV) alcança 6,7% (2 mandatos). O CDS fica com 6,2% (1 deputado) e o PAN consegue, finalmente, eleger 1 eurodeputado, com 5,1% do total de votos.

Ao todo, são 21 eurodeputados portugueses.

Todas as 3.092 freguesias foram apuradas, bem como 96 consulados dos 100 existentes (4 por apurar), que basicamente têm os votos dos emigrantes.

O MAI confirma que “com os resultados de inscritos e votantes já disponíveis (177 356 inscritos e 1 447 votantes) dos consulados que têm suspenso o apuramento por estarem a aguardar, para apuramento, os votos de mesas com menos de 100 eleitores, é possível concluir pela certeza da distribuição dos mandatos a atribuir na plataforma às candidaturas: PS – Partido Socialista 9 (nove) mandatos; PPD/PSD – Partido Social Democrata 6 (seis) mandatos; B.E. – Bloco de Esquerda 2 (dois) mandatos; PCP-PEV – CDU Coligação Democrática Unitária 2 (dois) mandatos; CDS/PP – CDS-Partido Popular 1 (um) mandato; PAN-PESSOAS-ANIMAIS-NATUREZA 1 (um) mandato“.

Fonte: MAI

Fonte: MAI

A primeira projeção avançada pela SIC dizia que o PS podia ficar com 30,9% a 35,9% dos votos. A da RTP apontava para um intervalo de 30% a 34%.

A sondagem da SIC (conduzida por ICS/ISCTE/GFK Metris) colocava o PSD em segundo lugar, com 21,8% a 25,8%, dos votos. Logo a seguir, o Bloco de Esquerda com 8,5% a 11,5% dos votos. A CDU (PCP-PEV) ficava na quarta posição, com 5,3% a 8,3% dos votos.

A noite parece algo amarga para o CDS e bastante boa para o PAN (Pessoas Animais Natureza). A sondagem apontava para um intervalo de 4,7% a 7,3%, para ambos os partidos. O PAN acabou mesmo por eleger um membro ao Parlamento Europeu.

Ainda segundo a SIC, aquelas percentagens traduzidas em lugares no PE davam: PS com 8 a 9 mandatos, PSD (6 a 7), BE (2 a 3), CDU (1 a 2), PAN (1 a 2) e CDS (1 a 2).

69% dos eleitores não foram votar

No entanto, a abstenção subiu para quase 69% (dados oficiais), naquele que será o valor mais elevado de sempre em atos eleitorais em Portugal; caminha também para ser uma das mais altas em toda a Europa.

Os votos brancos e nulos representam 7% do total contabilizado, indicam os referidos dados veiculados pelo Ministério da Administração Interna (ainda não definitivos).

Na sondagem da RTP/Universidade Católica, a ordem era igual. O PS vence com 30% a 34% dos votos. O PSD pode ficar com 20% a 24%. O BE com 9% a 12%. A CDU com 7% a 9% dos votos. O CDS alcança entre 5% a 7%. E, finalmente, o PAN com 4% a 6%.

Nas eleições europeias de 2014, o PS obteve 31,4% dos votos e elegeu 8 deputados europeus, a coligação PSD/CDS-PP, obteve 27,7% e elegeu 7 deputados, a CDU elegeu 3 parlamentares com 12,6% dos votos, o MPT (Partido da Terra) elegeu 1 deputado, com 7,1% dos votos e o BE obteve também 1 mandato, com 4,5% da votação.

Portanto, se se confirmarem as melhores perspetivas, o PS ganha 1 deputado, o BE reforça a sua presença no PE com 2 deputados, o PCP perde 1 deputado.

(atualizado às 17h30 com dados oficiais do Ministério da Administração Interna)

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Assembleia da República. Fotografia: António Cotrim/Lusa

Gestores elegem medidas para o novo governo

Entrevista DV/TSF com secretária de Estado do Turismo, Ana Mendes Godinho.
Fotografia: PAULO SPRANGER/Global Imagens)

Ana M. Godinho: “É preciso um compromisso de valorização e subida de salários”

TVI

Cofina avança com OPA sobre 100% da Media Capital por 255 milhões

Outros conteúdos GMG
Oficial. PS vence com 33%, Bloco sobe para 2 eurodeputados, PAN consegue 1