Euro 2016

Quartos-de-final arrancam hoje. Quem vai ganhar o Euro 2016?

Portugal dá hoje o pontapé de saída dos quartos-de-final do Euro 2016. KPMG Football Benchmark avança com possível vencedor do torneio

A seleção portuguesa de futebol procura hoje aceder pela quinta vez às meias-finais de um Campeonato da Europa, ao defrontar a Polónia, que, em contraste, surge pela primeira vez nesta fase da competição. Apesar de ser o arranque dos quartos-de-final, há quem já estime quem será o vencedor do Euro 2016.

Baseando as suas previsões apenas nos números e estando oito equipas em competição neste momento, a KPMG Football Benchmark aposta na Alemanha como a grande campeã, embora estejamos a falar de futebol e as estimativas nem sempre sejam certeiras.

A KPMG começa por salientar que entre os 15 Campeonatos da Europa que se realizaram, a Alemanha é a única a ter estado presente em mais de 10, mais concretamente em 11, enquanto as seleções da França e Itália contam com 8 participações.

A somar a isto, a Alemanha é a seleção que mais vezes levantou o troféu, 3, face aos 2 títulos que a França arrecadou e à única taça levantada pela Itália. Já Portugal, Polónia e Bélgica não contam com qualquer troféu, enquanto Gales e Islândia fazem neste Euro 2016 a sua primeira aparição nos quartos-de-final.

A KPMG salienta ainda que 3,15 milhões de pessoas estão federadas na Alemanha como jogadores de futebol, o triplo dos 1,08 milhões que existem em Itália ou quase o dobro dos 1,7 milhões de franceses. Na Islândia, apenas 14.181 pessoas são jogadores de futebol.

Em termos de ranking, a seleção alemã ocupa o segundo lugar do ranking da Fifa, apenas atrás dos espanhóis que deverão perder o primeiro lugar do pódio depois de terem sido eliminados da prova.

Olhando apenas para os dados económicos, a KPMG salienta que o valor da seleção alemã ascende a 562 milhões de euros, ou seja a mais valiosa do Euro 2016. A título de curiosidade, a equipa de Fernando Santos vale 322 milhões de euros, acima dos 175 milhões a que estão avaliados os adversários polacos.

A nível salarial, a Alemanha volta a bater os rivais. A massa salarial da Bundesliga ascende a 63,2 milhões, face aos 62 milhões da Serie A italiana ou aos 47,9 milhões da francesa Ligue 1.

Todos os números da KPMG colocam a seleção alemã como a mais forte entre as 8 que estão em competição no Euro 2016. No entanto, não passam disso mesmo, números.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
A ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. ANTÓNIO PEDRO SANTOS/LUSA

1400 empresas já pediram para aderir ao novo lay-off, apoios só a 28 de abril

Algarve, Portugal. Fotografia: D.R.

Algarve lança campanha. “Fiquem em casa para regressarem com mais saudade”

Veículos da GNR durante uma operação stop de sensibilização para o cumprimento do dever geral de isolamento, na Autoestrada A1 nas portagens dos Carvalhos/Grijó no sentido Sul/Norte, Vila Nova de Gaia, 29 de março de 2020. MANUEL FERNANDO ARAÚJO/LUSA

Mais de 80 detidos e 1565 estabelecimentos fechados

Quartos-de-final arrancam hoje. Quem vai ganhar o Euro 2016?