Penhoras

Quinta no Douro penhorada pelo tribunal rende 2 milhões em leilão online

Segundo encerramento dos leilões de bens penhorados judicialmente termina com 35 bens vendidos.

Uma quinta no Douro, um apartamento no Porto ou um trator agrícola estão entre os bens penhorados judicialmente e vendidos, ontem, na segunda cerimónia de encerramento dos leilões eletrónicos realizados pela Ordem dos Solicitadores e Agentes de Execução (OSAE).

A plataforma, que em maio já tinha sido testada com as primeiras vendas, encerrou ontem 91 leilões, tendo sido vendidos com sucesso 35 bens penhorados pelos tribunais. Ao todo, as propostas superaram 4400 milhões de euros, refere a Ordem em comunicado.

A oferta mais elevada foi para uma quinta no Douro, cuja base de licitação começava em 1,2 milhões de euros. A venda acabou por fazer-se por dois milhões, mais 66% do que o previsto inicialmente.

Não é só. Entre os bens arrematados estava também um trator, que recebeu 16 licitações, tendo alcançado o valor de 17 mil euros; um apartamento no Porto que reuniu 21 licitações e que foi vendido por 45 mil euros.

Os bens levados a venda resultam de penhoras realizadas no âmbito de processos de execução que correm nos tribunais, à semelhança do que a Autoridade Tributária faz para as penhoras de dívidas fiscais.

Os bens estão disponíveis em e-leilões.pt e podem ser licitados por qualquer pessoa, facilitando, assim, o escoamento que anteriormente só podia ser realizado por carta fechada.

O próximo encerramento dos leilões está marcado para 14 de julho.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

Saídas para a reforma disparam 43% na função pública

Foto: DR

EDP flexibilizou pagamento de faturas no valor de 60 milhões de euros

Carteiros

CTT vão entregar cartão de cidadão em casa. Piloto arranca em Oeiras

Quinta no Douro penhorada pelo tribunal rende 2 milhões em leilão online