Emigração

Remessas dos emigrantes aumentaram para 326 milhões em setembro

Emigrantes enviaram mais dinheiro em junho

De acordo com o Banco de Portugal, as remessas subiram 14,18% e as verbas enviadas pelos estrangeiros em Portugal subiram para 45,3 milhões de euros.

As remessas dos emigrantes portugueses subiram 14,18% em setembro, para 326 milhões de euros, ao passo que as verbas enviadas pelos trabalhadores estrangeiros em Portugal aumentaram 15,1%, para 45,3 milhões de euros.

De acordo com os dados divulgados hoje pelo Banco de Portugal, as verbas enviadas pelos trabalhadores portugueses no estrangeiro passaram de 285,5 milhões de euros, em setembro do ano passado, para 326 milhões em setembro deste ano, o que representa uma subida de 14,18%.

Em sentido inverso, os trabalhadores estrangeiros em Portugal enviaram para os seus países 45,36 milhões de euros, o que representa uma subida de 15,1% face aos 39,41 milhões que tinham enviado em setembro do ano passado.

No que diz respeito aos portugueses a trabalhar nos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), houve em setembro um aumento de 2,14%, representando a relação entre os 19,13 milhões enviados em setembro de 2017 e os 19,54 milhões enviados em setembro deste ano.

Em sentido inverso, a subida chegou a 3,16%, já que em setembro do ano passado os estrangeiros a trabalhar em Portugal tinham enviado 3,16 milhões de euros e em setembro de 2018 enviaram 3,26 milhões de euros.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Remessas dos emigrantes aumentaram para 326 milhões em setembro