Emigração

Remessas dos emigrantes até novembro ultrapassam o total de 2017

Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. (Fotografia: Inácio Rosa/ Lusa)
Aeroporto Humberto Delgado, em Lisboa. (Fotografia: Inácio Rosa/ Lusa)

Olhando para o acumulado, até novembro, constata-se que o valor do ano passado ultrapassa já em 6,3% o valor para o total de 2017.

As remessas dos emigrantes aumentaram 14% em novembro de 2018, para 323 milhões de euros, face ao mesmo mês de 2017, ultrapassando em 6,3% o total de 2017, quando falta ainda contabilizar o mês de dezembro.

De acordo com os dados divulgados esta segunda-feira pelo Banco de Portugal, os emigrantes portugueses enviaram, em novembro do ano passado, 322,9 milhões de euros, o que representa uma subida de 14% face aos 283,4 milhões enviados em novembro de 2017.

Olhando para o acumulado até novembro, constata-se que o valor para o ano passado, 3.554,8 milhões de euros, ultrapassa já em 6,3% o valor para o total do ano de 2017, ano em que os emigrantes enviaram para Portugal 3.343,2 milhões de euros, faltando ainda contabilizar o mês de dezembro, cujos dados só estarão disponíveis daqui a um mês.

Como habitualmente, em novembro, os trabalhadores portugueses em França foram os que mais contribuíram para a subida, tendo enviado 88,3 milhões de euros, o que representa uma descida de 7,5%, mas ainda assim bem acima dos emigrantes na Suíça, o segundo maior país emissor, que enviaram 65,5 milhões, evidenciando uma subida de 9,2% face aos valores de novembro de 2017.

No que diz respeito aos Países Africanos de Língua Oficial Portuguesa (PALOP), as remessas subiram 6,2%, de 25,8 milhões em novembro de 2017, para 27,4 milhões de euros no mesmo mês do ano passado.

De janeiro a novembro do ano passado, os emigrantes nos PALOP já enviaram para Portugal mais 17,2% do que no total de 2017, uma vez que o valor de 216,48 registado no total de 2017 já foi ultrapassado pelos 253,74 enviados até ao penúltimo mês do ano passado.

Angola, como habitualmente, é o maior mercado emissor, com 26,7 milhões de euros, o que representa uma subida de 6,3% face aos 25,1 milhões enviados em novembro de 2017.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Caixa Geral Depósitos CGD Juros depósitos

Caixa perdeu 1300 milhões com créditos de grandes devedores

Ursula von der Leyen foi o nome nomeado para presidir à Comissão Europeia. (REUTERS/Francois Lenoir)

Parlamento Europeu aprova Von der Leyen na presidência da Comissão

Christine Lagarde, diretora-geral demissionária do FMI. Fotografia: EPA/FACUNDO ARRIZABALAGA

Christine Lagarde demite-se da liderança do FMI

Outros conteúdos GMG
Remessas dos emigrantes até novembro ultrapassam o total de 2017