Construção

Remunerações na construção sobem 4,1% em outubro – INE

Fotografia: REUTERS/Mike Hutchings
Fotografia: REUTERS/Mike Hutchings

O índice de remunerações na construção subiu em outubro 4,1%, na comparação homóloga, informou hoje o Instituto Nacional de Estatística

O índice de remunerações na construção subiu em outubro 4,1%, na comparação homóloga, informou o Instituto Nacional de Estatística (INE) esta terça-feira, que indica que se mantém também a evolução positiva na produção e no emprego neste setor.

Segundo o INE, o índice das remunerações efetivamente pagas cresceu 4,1%, na comparação com outubro de 2016, enquanto essa variação em setembro tinha sido de 2,3%. De setembro para outubro deste ano a subida foi de 0,9%.

Na produção, a subida na taxa de variação homóloga foi de 2,6% e 0,1 pontos percentuais na comparação com o mês anterior, graças à aceleração no segmento de construção de edifícios, que “mais que compensou o ligeiro abrandamento observado no segmento da engenharia civil”.

Em outubro, o índice de emprego registou uma subida de 2,7% (2,2% em setembro) e comparativamente com o mês anterior, o índice de empregou cresceu 0,4%.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Ministro das Finanças, Mário Centeno, na apresentação do Orçamento do Estado para 2019. 16 de outubro de 2018. REUTERS/Rafael Marchante

Bruxelas envia carta a Centeno a pedir o triplo do esforço orçamental

lisboa-pixabay-335208_960_720-754456de1d29a84aecbd094317d7633af4e579d5

Estrangeiros compraram mais de mil imóveis por mais de meio milhão de euros

João Galamba (secretário de estado da energia) , João Pedro Matos Fernandes (Ministro para transição energética) e António Mexia  (EDP) durante a cerimonia de assinatura de financiamento por parte do Banco Europeu de Investimento (BEI) da Windfloat Atlantic. Um projecto de aproveitamento do movimento eólico no mar ao largo de Viana do Castelo.
(Reinaldo Rodrigues/Global Imagens)

Mexia diz que EDP volta a pagar a CESE se governo “cumprir a sua palavra”

Outros conteúdos GMG
Remunerações na construção sobem 4,1% em outubro – INE