Política Monetária

Reserva Federal dos EUA volta a subir taxas de juro

Jerome Powell, líder da Reserva Federal norte-americana. Fotografia: REUTERS/Joshua Roberts
Jerome Powell, líder da Reserva Federal norte-americana. Fotografia: REUTERS/Joshua Roberts

A taxa de fundos federais aumentou em 25 pontos base para um intervalo de entre 2% e 2,25%.

A Reserva Federal dos EUA voltou a subir a taxa de juro em 25 pontos base. É o terceiro aumento do ano, depois de ter tomado decisões semelhantes em março e junho. A autoridade monetária explicou, em comunicado, esta nova subida com “a forte taxa de crescimento da atividade económica”.

A decisão de novo aumento nas taxas de juro já era antecipada pelos mercados e tinha sido sinalizada pelo banco central liderado por Jerome Powell. O presidente da Fed deu continuidade ao caminho de subidas graduais iniciadas pela anterior líder da autoridade monetária, Janet Yellen, o que tem sido alvo das críticas de Donald Trump.

Desde o início do ciclo de subidas de juros, no final de 2015, é a oitava vez que a Fed torna a taxa mais alta. E nas projeções que os responsáveis de política monetária disponibilizam ao mercado sinalizam mais um aumento dos juros até final do ano e mais agravamentos no próximo ano.

O presidente americano prefere políticas monetárias menos restritivas de forma a manter o ritmo do crescimento da economia. Mas no comunicado desta quarta-feira, o Comité de Operações de Mercado Aberto da Fed refere que “espera que subidas adicionais do intervalo da taxa de fundos federais serão consistentes com uma expansão sustentada da atividade económica, com condições fortes do mercado de trabalho e com a inflação perto do objetivo de 2% para o médio prazo”.

A Fed continua assim a divergir do Banco Central Europeu. Na zona euro, as taxas de juro ainda não começaram o ciclo de subidas. Os analistas esperam que esse processo se inicie no próximo ano mas de forma muito gradual.

Atualizada às 19:13 com mais informação

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Foto: DR

Parpública avança com venda dos terrenos da antiga Lisnave

Filas de táxis nas chegadas do Aeroporto Humberto Delgado em Lisboa. (Filipa Bernardo / Global Imagens)

Táxis: Câmara de Lisboa quer tarifa única para aeroporto

(Photo by Anthony Behar)

Economia americana cresce 3,2% e supera estimativas dos analistas

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Reserva Federal dos EUA volta a subir taxas de juro