Política Monetária

Reunião da Reserva Federal começa com subida de juros à vista

Jerome Powell, líder da Reserva Federal norte-americana. Fotografia: REUTERS/Joshua Roberts
Jerome Powell, líder da Reserva Federal norte-americana. Fotografia: REUTERS/Joshua Roberts

A Reserva Federal (Fed) começou a reunião de política monetária de dois dias, após a qual é esperada uma nova subida das taxas de juro.

A Reserva Federal (Fed) começou hoje uma reunião de política monetária de dois dias, após a qual é esperada uma nova subida das taxas de juro, dada a solidez da economia norte-americana.

O comité de política monetária da Fed vai divulgar o comunicado com as decisões da reunião na quarta-feira ao final da tarde, na mesma altura em que serão divulgadas novas previsões macroeconómicas.

Posteriormente, o presidente da Fed, Jerome Powell, explica em conferência de imprensa essas decisões.

A reunião decorre após a publicação de vários indicadores positivos nos Estados Unidos, com a taxa de desemprego a recuar em maio para 3,8%, a mais baixa em 18 anos. Os preços registaram um aumento de 0,2% no mesmo mês e a taxa de inflação homóloga ficou em 2,8%, a mais elevada desde 2012.

Powell tem insistido num “ajustamento monetário gradual” para acompanhar o bom desempenho da economia norte-americana.

O banco central já decidiu em março aumentar as taxas de juro, que estão atualmente entre 1,5% e 1,75%, prevendo na altura aprovar mais duas subidas até ao fim do ano.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
luzes, lâmpadas, iluminação

Perguntas e Respostas: IVA desce na eletricidade e gás natural

24/04/2019 - Decorre esta tarde a Assembleia Geral da EDP na Sede da EDP na Av 24 de Julho
Shengliang Wu e Luís Amado
(Diana Quintela / Global Imagens)

OPA chinesa à EDP está morta. Acionistas ditam extinção da operação

A Provedora da Justiça, Maria Lúcia Amaral (Gerardo Santos / Global Imagens)

Atrasos nas pensões: PSD quer ouvir Provedora de Justiça com urgência

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Reunião da Reserva Federal começa com subida de juros à vista