Euro 2016

Ronaldo acusa islandeses de “mentalidade pequena”

A seleção de futebol de Portugal defrontou a Islândia. Cristiano Ronaldo e Birkir Bjarnason, o jogador que marcou o golo do empate. Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens
A seleção de futebol de Portugal defrontou a Islândia. Cristiano Ronaldo e Birkir Bjarnason, o jogador que marcou o golo do empate. Fotografia: Gerardo Santos/Global Imagens

As declarações de Ronaldo, no final do jogo com a Islândia, incendiaram as redes sociais.

A imprensa internacional deram a notícia às críticas do capitão da Seleção Nacional, Cristiano Ronaldo, sobre a falta de ambição da Islândia, após o jogo desta terça-feira, que resultou num empate 1-1. E as redes sociais pegaram fogo.

Segundo a BBC, a estrela do Real Madrid também se recusou a apertar a mão aos jogadores da Islândia, após a partida no estádio de Saint-Etienne.

“Cheguei a pensar que eles [os islandeses] tinham ganho o Euro 2016, tal foi a maneira como comemoraram no final do jogo”, disse Ronaldo, citado pela cadeia de televisão britânica.

Segundo a BBC, Ronaldo disse mais: “Foi inacreditável. Nós tentamos o mais difícil, ganhar o jogo, e a Islândia não tentou nada. Isso, na minha opinião, mostra uma mentalidade pequena e que eles não vão fazer nada nesta competição.”

Ronaldo, que representou, esta terça-feira, Portugal pela 127ª vez, disse ainda que a noite tinha sido de sorte para os seus adversários.

Portugal teve 72% da posse de bola e fez 26 remates à baliza da Islândia. No final da primeira parte do jogo, saiu com um golo de vantagem, mas no segundo tempo, os islandeses conseguiram o golo do empate.

“Portugal tentou jogar futebol e ganhar o jogo”, disse Ronaldo. Já a Islândia, não fez nada a não ser defender, defender, defender e jogar no contra-ataque.”

As declarações de Ronaldo incendiaram as redes sociais.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Dos blueprints  dos primeiros automóveis, ao topo dos carros elétricos atuais, de elon Musk, em homenagem, a Nikolas Tesla.
Ilustração: VITOR HIGGS

Automóvel. Em 20 anos do euro mudou tudo, menos a carga fiscal e o líder

A EDP, liderada por António Mexia, vai pagar o maior cheque de dividendos da bolsa nacional.

PSI20. Menos lucros mas o mesmo prémio aos acionistas

João Vieira Lopes, presidente da Confederação do Comércio e Serviços.
(Jorge Amaral/Global Imagens)

Vieira Lopes: “Metas do governo são realistas mas é preciso investimento”

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
Ronaldo acusa islandeses de “mentalidade pequena”