Comércio

Alibaba lança primeira plataforma eletrónica mundial de comércio em África

Fotografia: REUTERS/Aly Song
Fotografia: REUTERS/Aly Song

É a segunda plataforma deste tipo a ser lançada fora da China, depois da Malásia no ano passado.

O governo do Ruanda e o grupo de comércio eletrónico Alibaba assinaram um acordo para desenvolver a primeira plataforma eletrónica mundial de comércio (eWTP) em África, anunciou a empresa chinesa.

O objetivo dos acordos assinados entre o presidente ruandês Paul Kagame e o presidente executivo da Alibaba Jack Ma é promover a economia digital e o turismo entre os consumidores de Ruanda e China.

O Ruanda torna-se assim o primeiro país em África a estabelecer uma plataforma eWTP, uma iniciativa global público-privada para facilitar a venda de produtos das Pequenas e Médias Empresas (PME) do Ruanda aos consumidores chineses, incluindo café e artesanato.

Com mais de 500 milhões de consumidores, a Alibaba é a maior plataforma de comércio online do mundo.

A plataforma de serviços de viagens do grupo chinês, Fliggy, e o Conselho para o Desenvolvimento do Ruanda vão também promover o Ruanda como destino turístico, através de uma loja online para reservar voos, hotéis e experiências de viagem.

É a segunda plataforma deste tipo a ser lançada fora da China, depois da Malásia no ano passado.

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

Lisboa, 16/07/2019 - Decorreu hoje parte de uma reportagem sobre, empregos criados pelas empresas de partilha de veículos em Portugal..
Acompanhamos a recolha, carregamento e reparação das trotinetes partilhadas da Circ.

(Orlando Almeida / Global Imagens)

Partilha de veículos dá emprego a mais de 500 pessoas

António Mexia, CEO da EDP. Fotografia: REUTERS/Pedro Nunes

Saída de clientes da EDP já supera as entradas

Outros conteúdos GMG
Alibaba lança primeira plataforma eletrónica mundial de comércio em África