Rui Rio recusa convite de Passos para liderar novo Banco de Fomento

Rui Rio
Rui Rio

O ex-presidente da Câmara do Porto, Rui Rio, foi convidado pelo Governo
para liderar o futuro Banco de Fomento, cuja sede ficará no Porto.
Surpreendido pelo convite, Rio pediu “uns dias” para pensar. Gastou-os a
recolher opiniões junto de amigos e conselheiros e a ponderar os prós e
os contras da situação. Amadurecida a decisão, declinou o convite.

Ao que o JN apurou junto de fonte governamental, o
convite tinha um pressuposto: os quatro nomes que formariam a comissão
instaladora do Banco estavam escolhidos e tinham já aceitado o repto do
Governo.

Leia a notícia completa na edição impressa do Jornal de Notícias

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
Greve de motoristas de matérias perigosas parou o país, em abril. 
(MÁRIO CRUZ/LUSA

Nova greve dos camionistas dia 12. Pré-aviso já foi entregue

Assunção Cristas e Bruno Bobone, na sede da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, nos Restauradores
(ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Cristas apela a empresários para darem mais força à oposição

Assunção Cristas e Bruno Bobone, na sede da Câmara de Comércio e Indústria Portuguesa, nos Restauradores
(ANTÓNIO COTRIM/LUSA)

Cristas apela a empresários para darem mais força à oposição

Outros conteúdos GMG
Rui Rio recusa convite de Passos para liderar novo Banco de Fomento