Impostos

Vai pagar mais ou menos IMI em 2016? Estes mapas ajudam a saber

Os municípios podem alterar a taxa do IMI, aplicar o desconto familiar do imposto, ou aplicar uma conjugação das duas opções. Consulte aqui um GPS que o conduz à sua taxa.

Mais de 200 autarquias aplicam o desconto familiar, mas poucas mexem na taxa do imposto.
Perto de 40 câmaras municipais decidiram descer a taxa de IMI a ser pago em 2016. As contas, feitas com base no que as autarquias comunicaram, até agora, à Autoridade Tributária (AT), revelam que apenas três municípios aumentam a taxa do imposto: Aveiro, Felgueiras e Mourão.

A maioria das autarquias optou por mexer no IMI, mas sem alterar a taxa a pagar pelas famílias. Essas alterações vão acontecer sobretudo através do novo desconto familiar que foi aprovado por 217 municípios.

O que é o desconto familiar?
Este desconto depende do número de filhos e pode variar entre os 5 e os 20%. 

site da Associação Portuguesa de Famílias Numerosas  disponibiliza uma consulta do valor do desconto por concelho.

A Norte, a maioria dos municípios volta a cobrar em 2016 a taxa mínima de IMI. Aveiro e Felgueiras foram duas das três câmaras que aumentaram este imposto, apesar de aplicarem o novo desconto familiar conforme o número de filhos. No concelho do Porto a taxa mantém-se nos 0,36% e sem desconto familiar.

Para saber quanto vão pagar de IMI, os proprietários devem conhecer o valor patrimonial tributário definido pelas finanças, aplicar a taxa anual e depois perceber se o seu concelho dá ou não o desconto familiar.

Veja os mapas abaixo para conhecer a taxa aplicada no seu concelho ou consulte-os no site da AT, entrando na sua área pessoal e seguindo as opções Início ==> Os Seus Serviços ==> Consultar Taxas ==> Taxas do Município

Lisboa mantém em 2016 a taxa mínima de IMI, 0,3%.

A maioria dos municípios da zona da capital apresenta taxas entre os 0,35% e 0,40%, sendo Mafra o único que chega ao máximo de 0,5%. No Interior, grande parte dos municípios opta pelo valor mínimo.

Muitos descontos, poucas descidas da taxa

Num ano em que mais de 200 concelhos aplicam o novo desconto familiar, quase todos os autarcas optaram por manter as taxas inalteradas. É pelo menos isso o que se pode concluir, quando falta ainda informação sobre as taxas de 10 municípios.

Quantos municípios vão baixar a taxa de IMI?
39 câmaras reduzem a taxa, mas, na maioria, em valores mínimos, de 0,01 ou 0,02%

Setúbal, Évora e Faro são apenas três das cerca de 30 câmaras municipais que, no próximo ano, voltarão a ter a taxa do Imposto Municipal sobre Imóveis no nível máximo de 0. Na zona sul do território continental, o número de concelhos que decidiram aplicar o valor mínimo da previsto na lei para a taxa de IMI é menor.

Sintra e Amadora, por exemplo, não vão aplicar o desconto familiar e optaram por fazer uma redução muito modesta para todos os proprietários: em Sintra caiu de 0,39% para 0,37% e na Amadora passou de 0,37% para 0,36%.

Porto Santo, na Madeira, ocupa o lugar cimeiro do pódio das descidas: de 2015 para 2016 passará da taxa máxima permitida (0,5%) para a mínima (0,3%). O segundo lugar vai para Albufeira (0,5% para 0,35%). Concelhos como Mesão Frio, Vila do Conde e Vidigueira aprovaram uma descida de 0,05 pontos percentuais.

Dos 308 concelhos do país, 130 cobram o valor mínimo e cerca de 30 optam pelo valor máximo.

Nas regiões autónomas, o cenário e predominantemente de aplicação da taxa mínima, com apenas três municípios a optarem pelo valor máximo permitido pela legislação.

 

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Presidente do Conselho de Finanças Públicas (CFP), Nazaré da Costa Cabral. MANUEL DE ALMEIDA/LUSA

Linhas de crédito anti-covid ainda podem vir a pesar muito nas contas públicas

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa. FILIPE FARINHA/LUSA

Marcelo promulga descida do IVA da luz consoante consumos

Fotografia: Fábio Poço/Global Imagens

Apoio a rendas rejeitado devido a “falha” eletrónica

Vai pagar mais ou menos IMI em 2016? Estes mapas ajudam a saber