Coronavírus

15 lojas online onde pode comprar máscaras reutilizáveis certificadas

O CITEVE, Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário, lançou o selo “Máscaras – COVID-19 Aprovado”. Este selo permite aos consumidores e produtores reconhecer o produto ou matérias-primas que foram testadas e validadas por laboratórios acreditados
( Pedro Granadeiro / Global Imagens )
O CITEVE, Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário, lançou o selo “Máscaras – COVID-19 Aprovado”. Este selo permite aos consumidores e produtores reconhecer o produto ou matérias-primas que foram testadas e validadas por laboratórios acreditados ( Pedro Granadeiro / Global Imagens )

Já são mais de 387 os modelos de máscaras certificados pelo Citeve e o Dinheiro Vivo ajuda-o a encontrar algumas delas online

Há já 387 modelos de máscaras certificados pelo Citeve – Centro Tecnológico Têxtil e Vestuário, das quais, mais de 300 são de máscaras comunitárias para uso geral. E grande parte delas de reutilizáveis, o que as torna não só mais amigas do ambiente, mas, também, menos dispendiosas.

A dúvida muitas vezes é saber onde se podem comprar estes artigos. O Dinheiro Vivo encontrou 15 lojas online com máscaras certificadas à venda. Não faltam ofertas na internet de máscaras sociais, mas grande parte delas não estão devidamente validadas por um laboratório acreditado para o efeito. O que significa que darão sempre alguma proteção mais do que não usar máscara nenhuma, mas, nas certificadas, o consumidor tem toda a informação relativa ao nível de permeabilidade do tecido ao ar e à sua capacidade de filtração das partículas, entre outras matérias. A própria Deco/Proteste já veio alertar para a questão, sublinhando que “apenas as testadas por laboratórios com competência técnica reconhecida, cuja composição e manutenção obedecem a uma série de regras, dão garantias da qualidade exigida. Saiba como escolher“.

O preço das máscaras comunitárias é uma das questões menos atrativas destes novos produtos de uso diário, mas, também, ele tem vindo a baixar. E há, sobretudo, que ter em conta o número de lavagens que cada modelo comporta, que faz diluir substancialmente o seu custo. Inicialmente, o Citeve deu prioridade à certificação para as cinco lavagens, de modo a fazer chegar produtos ao mercado, rapidamente e em força. Agora, está já a alargar as certificações para mais lavagens. E há já 12 modelos de máscaras com certificado para 10 lavagens, três modelos aprovadas para 15 lavagens e 15 modelos com relatório a atestar que, até às 25 lavagens, a máscara mantém todas as suas propriedades de proteção.

Sendo certo que há máscaras desenvolvidas tendo em vista uma durabilidade de até 50 lavagens, mas que aguardam ainda a validação deste número. É o caso do modelo MOxAd-tech, desenvolvido pela Estamparia Adalberto, em parceria com o Citeve, o Instituto de Medicina Molecular João Lobo Antunes da Universidade de Lisboa e a Universidade do Minho, e a MO da Sonae Fashion. Este é um modelo aprovado para nível 2 e 3, ou seja, com capacidade de filtração de partículas acima dos 90%, e que está à venda na loja online da MO, embora, “devido ao elevado volume de encomendas”, o stock esteja temporariamente esgotado. Custam 10 euros a unidade, e têm já certificado passado para 10 lavagens.

A Daily Day tem já cinco máscaras diferentes aprovadas, mas tem sido o seu modelo mais simples – um dos três primeiros made in Portugal a serem certificados no segmento reutilizável – aquele que tem tido uma procura mais desenfreada, com centenas de milhares de encomendas nas primeiras semanas. A marca, do grupo Lagofra, prepara, para breve, a chegada ao mercado de um modelo 100% biodegradável. Cinco unidades custam 17,25 euros.

Na Sprinkode encontra 10 modelos de máscaras certificadas de produtores distintos, até porque esta é uma plataforma que nasceu, precisamente, para fazer a ligação entre a indústria e o consumidor final. Aqui encontra produtos para todos os gostos, em packs de 5, 10, 14 ou 15 unidades, e com versões aprovadas para 5, 10, 15 e 25 lavagens. Os fabricantes estão devidamente identificados no site e os preços variam entre os 17,25 euros para cinco unidades e os 50 euros para 15 máscaras. Mas há, também, packs pensados para empresas, com 100, 150, 500 ou mil unidades, com preços que variam entre os 300 e os 3.050 euros.

A confeção Carnel é uma das empresas que tem já máscaras certificadas para 25 lavagens, vendidas sob a marca NAJ3. Na loja online da marca estão disponíveis em três tamanhos distintos e em múltiplos padrões, com um com preço unitário de 6,90 euros.

Já a Quotidiandiversity, também uma das primeiras fábricas a ver os seus produtos certificados, tem as máscaras à venda sob a marca ZZie. As descartáveis custam 1,60 euros cada, as reutilizáveis custam cinco euros, e estão disponíveis em duas versões distintas, com elásticos ou com fitas. Estão certificadas para uso geral e profissional, ou seja de nível 2 e 3, e para até 10 lavagens.

Na Koati.pt encontra as máscaras da Costafil, certificadas para cinco lavagens, para já, e que custam 2,40 euros cada. São vendidas em pacotes de 10 unidades.

Por 3,90 euros a unidade ou em packs de 10 por 34,90 euros, pode encontrar no site mascarascertificadas.pt os produtos da fábrica Adão Orlando da Silva Machado. Estão disponíveis em branco, preto ou azul. Há um modelo específico para crianças, dos seis aos 11 anos, devidamente certificado pelo Citeve, e um pack especial família, com seis máscaras de adulto e quatro de criança, por 34,90 euros.

A La Mask é o nome comercial da Location Available, Lda, e que tem as suas propostas à venda através do Facebook ou na loja online da marca. A oferta é variada, quer na quantidade quer nos padrões, com cores diversas e tecidos às pintinhas, com estrelinhas ou flores. Os preços vão desde os 13 euros para um pack de cinco até aos 130 euros para um pack de 50 unidades. Os custos de expedição variam entre os 4,5 e os seis euros.

Na Portuguese Mask só há um modelo, mas em várias cores. Em contrapartida, tem pacotes variados, desde as três unidades por 10,90 euros aos packs de família (12 unidades) por 40,90 euros. Há, ainda, packs de 30 e 50, a pensar em pequenos negócios, ou de 100 unidades, para empresas, que vão os 104,90 euros aos 349,90 euros.

Na LusaTêxtil encontra à venda as máscaras da Adalberto e as da Carla, com preços que vão sod 4,20 euros aos 9,90 euros. Ambas são de uso profissional, ou seja, com filtração acima de 90%. Já os produtos da Petratex estão à venda no Bazar Desportivo, com uma oferta variada ao nível dos desenhos, a pensar nos mais pequenos. Os preços variam entre os 7,60 euros para um pack de duas unidades aos 33,90 euros para grupos de dez máscaras.

Já os produtos da Forjatex podem ser encontrados no Facebook em Máscaras Certificadas Forjatex e em Máscaras Líder. São vendidas em packs de cinco unidades, por 15 euros, estando disponíveis em branco, preto, azul marinho, azul claro, verde água e cor de rosa. Estão certificadas para cinco lavagens, embora aguardem a extensão para as 25 lavagens. São enviadas à cobrança.

E nem só de empresas têxteis é feito a aposta no negócio das máscaras. A Sunvagga, marca de óculos de sol criada por dois jovens portugueses, em 2016, está, também, a vender máscaras certificadas. Os preços variam entre os 10 euros uma unidade e os 23 euros para um pack de três, mas a empresa vai doar 1,5 euros por cada máscara vendida para material de proteção para o Serviço Nacional de Saúde e alimentos para o Banco Alimentar.

Também a Prozis tem já as suas máscaras certificadas pelo Citeve, de acordo com a listagem disponível no site do centro, embora no site da empresa de Esposende esta informação não esteja, ainda, atualizada, dizendo apenas que os modelos estão em processo de certificação. O que não impediu que um dos modelos tenha já esgotado. Mas há outro disponível, em dois tamanhos distintos. Estão em promoção, com 25% de desconto, e custam 10,97 euros cada.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Outros conteúdos GMG
Hoje
Paschal Donohoe

Sucessor de Centeno: Irlandês Donohoe surpreende e bate espanhola Calviño

O Ministro das Finanças, João Leão. EPA/MANUEL DE ALMEIDA

Défice de 2020 vai ser revisto para 7%. Agrava previsão em 0,7 pontos

Comissário Europeu Valdis Dombrovskis. Foto: STEPHANIE LECOCQ / POOL / AFP)

Bruxelas acredita que apoio a empresas saudáveis estará disponível já este ano

15 lojas online onde pode comprar máscaras reutilizáveis certificadas