Salários

Salário mínimo aumenta para 600 euros a partir de janeiro

O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva
Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA
O ministro do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Vieira da Silva Fotografia: TIAGO PETINGA/LUSA

Estima-se que a atualização do salário mínimo para os 600 euros beneficiará "mais de 750 mil trabalhadores"

O Conselho de Ministros aprovou, esta quinta-feira, o aumento do salário mínimo nacional para 600 euros, com entrada em vigor no dia 01 de janeiro de 2019.

“Em cumprimento do disposto no seu programa, o Governo conclui a trajetória de revalorização da RMMG [Remuneração Mínima Mensal garantida], que, de modo gradual, em diálogo permanente com os parceiros sociais e no quadro de uma monitorização regular de impactos, teve um primeiro aumento de 505 euros para 530 euros em 2016, seguido de um aumento para 557 euros em 2017 e para 580 euros em 2018”, refere o comunicado divulgado.

Segundo o documento, estima-se que a atualização do salário mínimo para os 600 euros beneficiará “mais de 750 mil trabalhadores”.

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje

Página inicial

Pardal Henriques, do SNMMP. 
(MANUEL DE ALMEIDA/LUSA)

Sem acordo “por 50 euros”, diz sindicato. “Querem impor aumento”, acusam patrões

O advogado e porta-voz do sindicato nacional dos motoristas, Pardal Henriques. ANTÓNIO COTRIM/LUSA

Pardal Henriques foi a personalidade mais mediática da greve

Outros conteúdos GMG
Salário mínimo aumenta para 600 euros a partir de janeiro