aviação

SATA alerta passageiros para pré-aviso de greve a 1 e 2 de junho

SATA aumenta oferta de lugares

A transportadora aérea açoriana alerta para a possibilidade de alteração da viagem ou do reembolso da mesma.

A transportadora aérea açoriana SATA alertou esta quinta-feira os passageiros para o pré-aviso de greve, a 1 e 2 de junho, e informou da possibilidade de alteração da viagem ou do reembolso da mesma.

“Na sequência do pré-aviso de greve, efetuado pelo Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil, para os dias 1 e 2 de junho, dos tripulantes de cabine da Azores Airlines e SATA Air Açores, o grupo SATA informa que todos os passageiros com voos nestas datas poderão alterar a sua viagem ou pedir o reembolso do seu bilhete, sem custos adicionais, junto dos canais de venda habituais”, refere a empresa numa mensagem enviada aos passageiros.

Na mesma mensagem, a transportadora aérea dá conta dos voos incluídos nos serviços mínimos para aquelas datas.

No caso da SATA Internacional, que assegura as ligações aéreas de e para fora do arquipélago, estão garantidos os voos com origem em Lisboa e destino em Santa Maria e Horta, e o respetivo regresso à capital, a 1 de junho. No dia seguinte, estão contempladas nos serviços mínimos as ligações Lisboa-Horta e Horta-Lisboa.

Já na SATA Air Açores, responsável pelos voos inter-ilhas, nos dois dias de paralisação estão garantidos voos nas nove ilhas do arquipélago.

Fonte da SATA aconselhou os passareiros “a verificarem se os seus voos estão ou não assegurados nos serviços mínimos e caso não estejam podem passar o voo para outro dia, antes ou depois do período de greve”.

“Além disso, permitimos o reembolso da passagem, caso não a queiram fazer”, acrescentou a mesma fonte, realçando que “poderá haver voos que se realizem embora não estejam incluídos nos serviços mínimos”.

A 21 de abril, o sindicato, que já tinha marcado greve para 1 e 2 de maio, que cumpriu, estendeu a paralisação para 1 e 2 de junho.

Na quinta-feira da semana passada, o Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil anunciou anunciou que iria manter o pré-aviso de greve de junho, uma vez que as negociações desse dia com a administração da SATA foram “inconclusivas”.

Tripulantes de cabine da Azores Airlines e da SATA Air Açores paralisaram durante os dias 01 e 02 de maio, tendo a greve deixado em terra mais de 1.300 passageiros, com o sindicato a afirmar que se registou uma adesão de 100%, número diferente do avançado pelo grupo SATA (66,9%).

 

Comentários
Outras Notícias que lhe podem interessar
Hoje
O ministro das Finanças, Mário Centeno, intervém durante a  conferência "Para onde vai a Europa?", na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, 22 de março de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

Próximo governo vai carregar mais 8 mil milhões em dívida face ao previsto

O ministro das Finanças, Mário Centeno, intervém durante a  conferência "Para onde vai a Europa?", na Fundação Calouste Gulbenkian, em Lisboa, 22 de março de 2019. MÁRIO CRUZ/LUSA

Próximo governo vai carregar mais 8 mil milhões em dívida face ao previsto

Motoristas de matérias perigosas em greve concentrados na Companhia Logística de Combustiveis - CLC.
Fotografia: Paulo Spranger / Global Imagens

Combustíveis. Sindicato conseguiu mais 200 sócios com greve

Outros conteúdos GMG
Conteúdo TUI
SATA alerta passageiros para pré-aviso de greve a 1 e 2 de junho