Seguro automóvel: Prémios mais altos para empresários do Norte

Empresários do Porto e Braga podem pagar mais 452 euros pelo seguro automóvel.

Um seguro automóvel para um pequeno empresário pode custar um máximo de 840 euros e um mínimo de 388 euros, consoante a zona do país onde circule, com os prémios mais caros a serem praticados no Norte e os mais baratos nos Açores, segundo com uma análise das ofertas de seis seguradoras, elaborada pela plataforma ComparaJá.pt.

Para chegar a esta conclusão, o simulador de produtos financeiros partiu do caso do Mário, um canalizador de 45 anos, com carta há 25 anos, sem registo de sinistro nos últimos cinco anos e com uma Renault Kangoo. Fez a comparação do prémio do seguro automóvel de danos próprios para o mesmo perfil, tendo como única variante a localidade (distrito) de circulação. A análise avaliou a oferta de Allianz, Caravela, NSeguros, Liberty, Lusitânia e Tranquilidade.

E a primeira conclusão aponta para uma diferença de até 452 euros no custo anual (ou 22%), sendo Braga e Porto os distritos onde os pequenos empresários têm de suportar prémios mais elevados.

Miguel Mamede, responsável pela área de seguros do ComparaJá.pt, explicou que esta variação por localização tem a ver com a sinistralidade. “A densidade do parque automóvel e a correspondente exposição ao risco e sinistralidade é claramente um dos fatores que sugere o agravamento dos prémios de seguro automóvel, existindo uma visível tendência para que este fator se agudize à medida que caminhamos para norte no mapa”.

Ou seja, adianta Miguel Mamede, “o valor do prémio de risco é feito com base no custo médio dos sinistros multiplicado pela frequência de sinistralidade. Assim, além das diferenças entre os valores cobrados por cada uma das seguradoras, há ainda uma tarifa adicional que pode alterar ao longo do tempo, que é comummente designada como zonagem”.

No entanto, “o facto de os prémios anuais serem mais elevados em Braga em todas as seguradoras, leva-nos a inferir que a experiência das seguradoras é comum neste distrito, independentemente da sua representatividade”, refere Miguel Mamede. “Este facto é extensível ao Porto, distrito onde os prémios são, em média, 21% mais gravosos do que em Ponta Delgada, ou 17,1% do que em Lisboa”.

Poupar no seguro

-Evite coberturas desnecessárias ponderando bem sobre o que realmente necessita.

-Se procura um seguro de responsabilidade civil, foque-se no preço. A oferta das seguradoras é padronizada para atender aos requisitos regulamentares, incluindo algumas garantias como assistência em viagem, pessoas transportadas e quebra isolada de vidros nos packs mais económicos

-Se possuir mais do que um veículo, procure abrangê-los a todos na mesma seguradora ou combinar o seguro automóvel com, por exemplo, um seguro de saúde na mesma agência de seguros para reduzir o prémio.

-Pague o prémio de uma só vez pois os fracionamentos apresentam encargos que encarecem o seguro

Recomendadas

Outros Conteúdos GMG

Patrocinado

Apoio de